Como Saber se a sua Ejaculação é Precoce

O diagnóstico da ejaculação precoce ainda é difícil de ser feito porque ela é uma disfunção complexa, que não depende apenas de números ou outras medições concretas. Ela envolve o estado emocional do paciente, da parceira do paciente e de fatores psicológicos e orgânicos. Portanto, a ejaculação precoce é uma disfunção multidisciplinar.

A ejaculação precoce é um problema comum na vida moderna, atingindo cerca de 30% dos homens em atividade sexual. No entanto, a porcentagem pode se maior porque muitos homens têm vergonha de assumir que sofrem do problema, não sabem que sofrem dele ou relutam em procurar ajuda médica por não crerem que esse problema poderá afetar a sua vida. Vários homens já tiveram ejaculação prematura alguma vez em suas vidas, mas enquanto ela não é uma constante, não há motivos para preocupações.

Geralmente, os homens procuram por ajuda médica quando recebem reclamações constantes da sua parceira, que não consegue se satisfazer nas relações sexuais, que são muito curtas. Porém, antes de diagnosticar o problema, é preciso saber quanto tempo essa mulher demora para alcançar o orgasmo. As mulheres, pela sua própria natureza orgânica ou por motivos psicológicos como preconceitos e imposições da sociedade, demoram mais para chegarem ao prazer. Então, algumas vezes, elas podem acabar culpando o homem sem saber que o problema é também com ela.

Alguns homens que têm o período de latência ejaculatória normal, ou seja, de 5 a 25 minutos, mas acreditam que o seu tempo seja muito curto porque se baseiam em filmes pornográficos nos quais são feitas várias edições para fantasiarem uma longa duração da performance sexual do artista.

O caso mais simples de ser diagnosticado como ejaculação precoce é quando o homem ejacula antes de iniciar as penetrações. É quando apenas um toque de mãos ou do próprio lençol causa tanta excitação que ele ejacula, sem conseguir manter a ereção. Esse é o tipo mais grave de ejaculação precoce e ela atinge cerca de 30% dos homens com essa disfunção.

Para alguns médicos, a ejaculação é precoce quando o homem ejacula antes de completar um minuto de penetração. Para outros, esse tempo pode variar até 2 minutos. Do total de homens com ejaculação precoce e tirando os homens que ejaculam antes da penetração, 80% deles ejaculam entre 30 e 60 segundos e os 20% restantes, entre 1 e 2 minutos. No entanto, essa definição ainda é subjetiva, pois há mulheres que conseguem sentir prazer nesse tempo e, portanto, essa ejaculação não chega a ser um problema.

Quando o tempo não foi suficiente para definir a disfunção, alguns especialistas usaram o número de penetrações que o paciente conseguia fazer. Desse modo, homens que aguentavam até 7 movimentos antes de ejacular eram considerados ejaculadores precoces. A normalidade estaria entre 10 e 50 movimentos.

Porém, essas definições ainda não convenciam muitos médicos, que diziam que para diagnosticar a ejaculação precoce era preciso saber se havia queixa por parte da mulher ou do próprio homem quanto ao período de latência ejaculatória. Portanto, o diagnóstico estava por conta da percepção do casal quanto ao prazer alcançado durante as relações.

Outra definição defende que a ejaculação é precoce quando o homem não tem controle sobre o seu período ejaculatório. A ejaculação é um acontecimento geralmente involuntário, porém, é possível controlá-la se o homem tiver percepção de quando ela estiver para acontecer. Por isso, os homens que não têm esse controle, eram considerados ejaculadores precoces.

O tempo passou e várias definições foram surgindo e, até hoje, não há apenas uma definição aceita. O certo é que, como diz McMahon (2008), a ejaculação precoce deve ser definida com base em uma abordagem multidimensional que leve em conta o tempo ejaculatório, o controle sobre a ejaculação e a ansiedade perante a relação sexual com determinada parceira.

No entanto, a ejaculação precoce não pode ser entendida como uma disfunção que causa a esterilidade. Muito pelo contrário, o ejaculador precoce libera o sêmen rapidamente na mulher. Algumas teorias dizem que os homens da caverna usavam esse artifício para fecundarem o máximo de fêmeas possível. Portanto, quanto mais rápido ele ejaculasse, mais ele procriaria a sua espécie. A ejaculação precoce só será um problema para a fecundação se ela acontecer antes da penetração vaginal.

A ejaculação prematura acontece, na grande maioria dos casos, por fatores psicológicos. Um deles é a ansiedade diante da relação sexual. Muitos homens se cobram demais em assuntos relacionados ao sexo e pretendem ser “máquinas sexuais”, normalmente por causa de imposições sociais.

Outros, vão ter relações sexuais com mulheres magníficas pela primeira vez e têm medo de não conseguirem satisfazê-las ou acham que são inferiores a elas. Em casos mais comuns, o homem sente-se inferiorizado diante da sua própria parceira, que usa o seu poder de sedução para controlá-lo.

Todas essas preocupações causam ansiedade excessiva, o que contribui para o quadro de ejaculação precoce.

Traumas de infância ou de adolescência são causas frequentes da ejaculação precoce. O cérebro costuma condicionar certas ações feitas por nós. Nesse caso, um adolescente que tinha medo de ser pego se masturbando e apressa a sua ejaculação para que ninguém o veja fazendo algo errado pode condicionar essa operação, levando-a até a vida adulta, quando ele não tem mais o que temer.

O estresse do dia a dia faz com que as preocupações se voltem para o trabalho. Então, esse homem não consegue se concentrar em sua vida sexual e acaba sofrendo de ejaculação precoce por causa da pressão da sua parceira ou da sociedade.

Por isso, na hora de consultar um médico, ele vai fazer perguntas sobre a sua vida pessoal e profissional para tentar encontrar a verdadeira causa da sua ejaculação precoce e para diagnosticar se você realmente sofre dessa disfunção.

Se você for diagnosticado como ejaculador precoce, não se preocupe, pois atualmente há vários tipos de tratamento disponíveis, sendo que o mais recomendado é o natural, que tem as vantagens de não causarem efeitos colaterais ou dependência química. Ele é baseado em exercícios fáceis e simples de serem feitos. Em pouco tempo, você voltará a ter uma vida sexual plena e feliz. Saiba mais.

GD Star Rating
loading…

Como Saber se a sua Ejaculação é Precoce, 5.0 out of 5 based on 4 ratings

Meu nome é Luiz Alfredo e sou o autor do livro digital "Ejaculando com Controle: Básico e Avançado". Sofri durante muitos anos de ejaculação precoce e hoje ensino as pessoas a como acabar com a ejaculação precoce de vez e enfim ter uma vida sexual maravilhosa.


Todos os direitos reservados E-Commerce Publicações Digitais LTDA - Copyright © EjaculandocomControle.com . - Termos de Uso e Privacidade -