O Que é a Ejaculação Feminina?

O Que é a Ejaculação Feminina?

A ejaculação feminina é um tema de controvérsia, embora haja referências históricas sobre ele que remontam há milênios. No entendimento de hoje, é a produção repentina e intensa ou o esguicho de matéria ejacular, que é diferente em sua origem, da lubrificação vaginal, que ocorre durante os vários tipos de contato sexual. Acredita-se que a ejaculação feminina surge das glândulas parauretrais e, às vezes, é simplesmente confundida como uma liberação de urina. Há discussões sobre se a ejaculação é ou não é puramente urina e algumas pessoas defendem fortemente que isso não se baseia em testes limitados. Outro tema de debate em particular é se todas as mulheres podem experimentar a ejaculação feminina, e este assunto é muito inconclusivo, com muitas pessoas dizendo que é impossível que qualquer mulher realmente possa ter esta experiência e outras reivindicando que todas as mulheres podem ou que, pelo menos, algumas o fazem.

No mundo do conhecimento sexual, a maioria das pessoas está acostumada a pensar na ejaculação dos homens, que normalmente ocorre no ponto em que eles chegam ao orgasmo. Nas mulheres, o orgasmo não está necessariamente ligado à ejaculação, e não há muita evidência de que isso faça o sexo ser mais prazeroso. Algumas mulheres que vivenciam isto ficam consternadas por ter um excesso de fluido vazando da vagina ou elas poderiam supor que perderam o controle da bexiga e ficariam envergonhadas. Há algumas pessoas que postulam a ideia de que esta forma de ejaculação realmente significa atingir um nível maior de prazer ou de intimidade sexual, mas como existem poucos estudos legítimos sobre o assunto, esta alegação deve ser considerada questionável.

Muitas vezes, a ejaculação feminina está ligada à estimulação manual do ponto G, que pode ser encontrado dentro da vagina, no entanto, ele existe fora dela. O ponto G é, na verdade, as glândulas parauretrais, por isso, massagear ou tocar uma delas, que estão sob a vagina, pode estimular como resposta uma súbita produção e expulsão do líquido parauretral. Outras mulheres relataram que não foi preciso estimular o ponto G para conseguirem experimentar a ejaculação feminina e conseguem atingi-la durante qualquer tipo de relação sexual. Tal como acontece com a ejaculação masculina, o fluido produzido pode ser um pouco espesso, e as pessoas que tentarem alcançar a ejaculação na mulher, devem querer, no mínimo, cobrir as superfícies como colchões, com toalhas.

Embora o conhecimento sobre a ejaculação feminina ainda seja relativamente limitado, existem algumas coisas que, geralmente, são unânimes. Primeiro, se ela ocorre e realmente não é urina, nem todas as mulheres a experimentam e é possível que nem todas possam experimentar, se suas glândulas parauretrais forem muito pequenas ou mínimas. Segundo, não está claro que esta forma de ejaculação signifique que o sexo foi melhor ou mais íntimo. Para alguns casais, este pode ser um sinal de extrema intimidade e outros casais conseguem isso muito bem sem a ejaculação feminina e desfrutam plenamente de sua vida sexual. Aqueles que se sentem envergonhados com isso, são capazes de evitar através de uma menor estimulação do ponto G, ou poderiam aprender a celebrar uma experiência que é descrita por alguns como rara ou mesmo inexistente.

TRATAMENTO COMPLETO EJACULAÇÃO PRECOCE– 100% NATURAL

GD Star Rating
loading…

O Que é a Ejaculação Feminina?, 3.0 out of 5 based on 2 ratings

Meu nome é Luiz Alfredo e sou o autor do livro digital "Ejaculando com Controle: Básico e Avançado". Sofri durante muitos anos de ejaculação precoce e hoje ensino as pessoas a como acabar com a ejaculação precoce de vez e enfim ter uma vida sexual maravilhosa.


Todos os direitos reservados E-Commerce Publicações Digitais LTDA - Copyright © EjaculandocomControle.com . - Termos de Uso e Privacidade -