7 dicas para retardar o orgasmo e ter um sexo mais duradouro com sua parceira

Se você procura por respostas para saber como demorar na ejaculação, saiba que você não está sozinho.

Você e aquela gata finalmente marcaram de se ver, o papo foi ótimo mas, na cama, o encontro foi mais rápido do que você gostaria, gerando constrangimento para os dois. 

Cerca de 25,8% dos brasileiros enfrentam o mesmo problema: a ejaculação precoce.

O número vem de uma pesquisa do Programa de Estudos em Sexualidade da Universidade de São Paulo (ProSex – USP).

Automaticamente você se coloca no grupo dos ejaculadores precoces, mas gozar rápido nem sempre é sinônimo de que você sofre da disfunção.

Cada transtorno tem suas características e causas e é preciso saber diferenciá-las

Embora o número de homens que ejaculam precocemente varie entre 25% e 40% dependendo do estudo, a ocorrência da disfunção pode não estar corretamente dimensionada.

como demorar na ejaculação

Portanto, não há consenso sobre sua definição e classificação, o que contribui para que as estatísticas se diferenciem. 

O biólogo americano Alfred Kinsey aponta que os homens costumam levar apenas dois minutos para gozar durante o sexo.

Mas há quem ejacule apenas vendo a parceira tirar a roupa, ou com poucos minutos de carícia antes do ato sexual ou mesmo alguns segundos depois da penetração.

O fator tempo merece atenção. 

Mas para diagnosticar o problema, é preciso que ele ocorra com maior frequência, ou seja, em pelo menos metade das relações sexuais.

Se as variáveis de tempo + frequência são compõem o seu caso, você provavelmente apresenta o quadro de ejaculação precoce. 

Atividade sexual e qualidade de vida ensinam como demorar na ejaculação pelo tempo que quisermos

O fato é que homens com dificuldades sexuais apresentam uma menor qualidade em seu funcionamento sexual.

Além de uma dificuldade em lidar com aspectos emocionais, diz o artigo Sexualidade e qualidade de vida em homens com dificuldades sexuais, escrito por quatro profissionais da Universidade São Francisco Brasil.

O quadro revela a necessidade de discutir o tema e a seriedade com que ele deve ser abordado.

No desenrolar da história, o contexto da sexualidade evoluiu, mitos foram desfeitos e tabus foram quebrados.

Isso fez com que o homem se sentisse mais seguro para conhecer seu corpo e expressasse seus sentimentos e sexualidade mais livremente.

Hoje os homens têm mais abertura do que seus pais e avôs para lidar com os distúrbios e melhorar a vida sexual.

Assim, tanto os tratamentos de disfunções ou dificuldades sexuais, assim como os materiais sobre sexualidade, são mais acessíveis. 

Quero saber como demorar na ejaculação. Como começar?

Em primeiro lugar, observe seu desempenho sexual e libido para entender e identificar padrões, pois a principal forma de diagnosticar a ejaculação precoce é clínica e você precisará relatar os fatos ao médico responsável.

Fique atento e faça um levantamento mental da frequência dos seus orgasmos e o tempo médio com que eles ocorrem. Se for preciso, registre. 

Quando for ao médico, ele ajudará você a levantar o seu histórico para investigar se trata-se de ejaculação precoce. 

Dependendo do quadro, o diagnóstico de ejaculação precoce será feito.

Nesse caso, conheça o Programa CAE4S, ou, Controle Absoluto da Ejaculação em 4 Semanas, o curso mais completo e didático do Brasil que ensina a ter e manter o controle absoluto da ejaculação de forma 100% natural e definitiva.

Para os homens que não são portadores da disfunção, mas que procuram por respostas sobre como demorar na ejaculação, há diversas dicas.

Aqui estão 7 delas:

  • Esteja aberto ao diálogo e faça da sua mente um lugar habitável;
  • Tire o foco do orgasmo e curta as preliminares;
  • Não deixe de usar a boa e velha camisinha;
  • Masturbe-se antes do encontro sexual; 
  • Tenha hábitos saudáveis;
  • Não idealize o sexo dos filmes pornográficos;
  • Invista em posições específicas para retardar a ejaculação;
  • Experimente os métodos de Edging.

1) Diálogo e estado emocional

como demorar na ejaculaçãoAinda hoje é possível ouvir coisas como “homens não são emocionais, são racionais”, “homens não misturam o emocional e sexo”.

Mas para especialistas é consenso que a condição mental, além da física e fisiológica, interfere nos relacionamentos afetivos, inclusive os sexuais.

Se problemas emocionais têm influência até na rotina profissional ou doméstica, como não influenciariam também no sexo?

O médico Dráuzio Varella, em seu site, conta que Leonardo da Vinci, expoente do Renascimento, se baseou na ocorrência de ereções noturnas involuntárias e concluiu que o cérebro não controlava a função do pênis que, para ele, tinha mente própria.

Ao dissecar cadáveres de pessoas enforcadas, da Vinci observou que o pênis endurecia quando se enchia de sangue e descreveu o mecanismo da ereção.

No que se refere à autonomia do órgão sexual, no entanto, ele estava enganado. O cérebro está sim integrado ao mecanismo da ereção. 

Cirurgiões vasculares apontam que 70% dos casos de ejaculação rápida tem causas emocionais.

A ansiedade, por exemplo, é um dos principais bloqueios de uma ereção de qualidade.

O homem pode ter medo de não satisfazer a sua parceira ou se sentir intimidado ao se relacionar com alguém que desperte uma atenção especial.

Ao atingir os níveis máximos de excitação, a ansiedade pode disparar o orgasmo involuntário. 

Uma conversa franca nunca é desnecessária

O diálogo franco pode aliviar essas tensões. Os homens são cobrados pela performance sexual, o que contribui para o sentimento de ansiedade.

A responsabilização exclusivamente masculina pelo sexo leva a sentimentos de culpa e desapontamento, já que o resultado disso pode ser um prazer incompleto e passageiro.

Converse com sua parceira sobre como o sexo é uma dinâmica de troca e apoio mútuo. 

No mais, consuma cultura, tenha uma vida social ativa, seja próximo da sua família, cultive hobbies diversos, pratique técnicas de relaxamento.

Quando sua mente for um bom lugar, seus pensamentos serão mais leves e você se sentirá menos pressionado ou culpado pelo sexo que pratica. 

2) Tire o foco do orgasmo e curta as preliminares

Como demorar na ejaculação tem tudo a ver com saber aproveitar o tempo no sexo.

Sexo não se resume à penetração, embora há homens que acreditam ter melhor desempenho quando vão “direto ao assunto”.

Mas as preliminares, quando feitas com dedicação, resolvem vários problemas: garantem que o sexo dure mais, levam à demora para gozar e excitam ainda mais a sua parceira.

Criar um clima de desejo, sedução e excitação é altamente recomendável por especialistas do sexo.

E quando falamos em preliminares, vale muito a pena usar a criatividade.

Tente propor desafios a si mesmo, como se proibir voluntariamente de praticar penetração nas próximas transas, por exemplo, já que a penetração é uma das causas de ansiedade no que diz respeito ao desempenho sexual.  

Programe encontros para namoro, troquem massagens com cremes ou óleos, primeiro em algumas partes do corpo e com roupa.

Depois tirando cada peça, explorando os corpos um do outro, à procura de partes sensíveis e agradáveis de serem acariciadas. 

Dessa forma, os toques, carinhos e formas de se comunicar vão fazendo o desejo se acumular e favorecem as sensações de prazer e bem estar.

Todo lugar é um local de encontro do casal, então façam esses encontros sempre em clima agradável e de sedução. 

E não custa lembrar que beijos, brincadeiras, abraços e provocações contribuem para os exercícios de controle da libido do homem.

E o mais importante: respeitem os limites um do outro.

3) Não deixe de usar a boa e velha camisinha

A estratégia de colocar o preservativo para retardar a ejaculação funciona para alguns homens.

Pode ser o seu caso, pois a camisinha se transforma numa barreira que diminui o contato do pênis com a vagina.

Não há consenso de especialistas sobre a eficácia da camisinha para prolongar o orgasmo.

Porém, alguns homens já relataram que os produtos feitos de látex mais grosso ajudam nessa missão

Existem no mercado camisinhas com efeito retardante.

O lubrificante contido nelas é o mesmo que o encontrado nas camisinhas básicos compradas nas farmácias e mercados.

A diferença está na parte de dentro do preservativo, onde há uma espécie de anestésico, a benzocaína, que dá a esses produtos o chamado efeito retardante.

O efeito, porém, é pequeno nos casos de homens que têm ejaculação precoce.  O principal problema, como mencionamos antes, é emocional.

De qualquer maneira, o uso do preservativo é indicado para a prática do sexo seguro.

Além disso, continua sendo um dos métodos mais seguros contra doenças sexualmente transmissíveis e gravidez não desejada pelo casal. 

4) Masturbe-se antes do encontro sexual

Se masturbar uma ou duas horas antes do encontro é também uma boa estratégia.

E é provável que você até já faça isso. Sem excessos, a masturbação pode te deixar mais relaxado.

Quando você encarar o sexo, estará mais tranquilo, menos tenso e conseguirá durar mais tempo na cama.

Com a masturbação, as coisas tendem a se desenrolar sem tanta pressa e você pode descobrir como demorar na ejaculação. 

5) Tenha hábitos saudáveis

Uma pesquisa publicada no periódico Urology Journal mostra estatísticas incríveis para quem se exercita.

Homens que se exercitam com alguma regularidade, principalmente de quatro a cinco vezes por semana, têm melhor desempenho sexual.

Segundo os pesquisadores, atividades físicas podem fazer toda diferença nos exo!

Andar de bicicleta, correr ou fazer musculação permitem que a duração do sexo seja, em média, 5 minutos maior em comparação aos indivíduos sedentários.

Segundo o estudo, a ejaculação precoce é mais frequente em homens de estilo de vida sedentário.

O risco de disfunção erétil pode ser reduzido em homens que praticam exercício físico regularmente. 

A falta de atividade física prejudica o funcionamento pleno do corpo em vários aspectos, inclusive o sexual.

A princípio não parece clara a relação entre uma coisa e outra, mas se pensarmos no corpo como um organismo integrado, de órgãos e funções complementares, fica mais fácil de entender.

Afinal, uma pessoa sedentária é, resumidamente, morosa, mole, adjetivos que não combinam com a atividade sexual.

Exercícios Físicos

Movimente-se, pratique exercícios e perceba como isso aumentará a sensação de autonomia sobre o próprio corpo

O mesmo vale para hábitos alimentares. Na maioria dos casos o sedentário se alimenta mal, o que não contribui para uma prática sexual satisfatória.

Proteínas, carboidratos, minerais como magnésio e zinco e vitaminas das mais diversas podem ser aliadas no combate a uma ejaculação rápida.

O recomendável por nutricionistas é que seu cardápio seja variado para contemplar as necessidades orgânicas gerais e favorecer a saúde e o desempenho na cama.

A serotonina, substância encontrada no cérebro e que contribui para intensificar o desejo sexual, por exemplo, são aconselháveis.

Banana, nozes, queijo, ovos e vegetais como batata e beterraba ajudam a garantir a produção adequada de serotonina, assim como melhorar a sua ação no organismo.

A medicina natural também pode ser usada para auxiliar na libido.

6) Não idealize o sexo dos filmes pornográficos

Tentar reproduzir na vida real o que você vê em filmes pornôs pode ser frustrante.

E a frustração é a melhor amiga da ejaculação rápida.

Para saber como demorar na ejaculação, o ideal é observar e entender o seu próprio ritmo durante o ato sexual, sem tentar se igualar aos atores que parecem ter um apetite interminável. 

O que a maioria dos filmes pornográficos não mostra é a troca de carícias, a paciência e a comunicação entre os parceiros.

O estilo britadeira, presente na maior parte dos filmes, são vícios emocionais que te levam a apressar o ritmo da ejaculação e a criar mais ansiedade

Nesse sentido, as discussões sobre ejaculação precoce abrem portas para refletir sobre como a sexualidade dos homens está presa na busca pela performance não natural dos filmes.

Essa busca torna o sexo comum, previsível e, consequentemente, incompleto.

7) Como demorar na ejaculação com posições específicas

Não existe regra ou método que funcione para todos os casos. Saiba o que é mais adequado para você.

Porém, existem posições que você pode experimentar com sua parceira para o sexo durar mais.

Neste vídeo, Davi Ribeiro dá dicas de 3 posições sexuais que retardam e mostram como demorar na ejaculação:

8) Experimente os métodos de Edging

Quando você estiver quase gozando, experimente adiar a ejaculação, recuperar o fôlego e, ao retomar a masturbação ou o sexo, ter um orgasmo ainda melhor do que você teria antes.

A técnica Edging funciona como uma breve pausa antes do clímax. Há dois exercícios para você tentar e saber como demorar na ejaculação:

Método “stop-and-start”:

Masturbe-se ou faça sexo até estar perto de gozar, de preferência em posições não muito confortáveis.

Quando estiver a ponto de ter um orgasmo, interrompa os movimentos por cerca de 20 segundos, e reinicie.

Em seguida, repita o exercício quantas vezes quiser até sentir-se pronto para ejacular. 

Método do aperto

Transe ou se masturbe normalmente e, quando estiver próximo do orgasmo, use seus dedos polegar e indicador para pressionar suavemente a glande do pênis, na parte de cima e de baixo do órgão.

Mais uma vez, repita o processo até sentir-se pronto para o gozo.

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

Leia tambem:

retardar a ejaculação

Tratamentos para retardar a ejaculação: saiba o mais adequado para você

fazer sexo por mais tempo

Como fazer sexo por mais tempo: aprenda a retardar a sua ejaculação

Como controlar a ejaculação precoce? É possível combatê-la?

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!