Anorgasmia: Por que alguns homens simplesmente não conseguem gozar?

Muitos homens acham difícil acreditar, mas alguns cuecas simplesmente não conseguem atingir um orgasmo na hora da relação sexual. Esse problema é conhecido como anorgasmia.

Na verdade, muitos acreditam que uma ereção decente não acontece em todos. Mas a falta de orgasmo ainda é um mito para muitos, enquanto é realidade dura para outros.

A verdade é que existem muitos homens por ai que fingem orgasmos por conta desse problema. A anorgasmia é só mais uma das várias disfunções sexuais que aterrorizam muitos homens.

anorgasmia

No entanto, a disfunção mais comum ainda é a ejaculação precoce. Por fazer homem gozar rápido demais e não conseguir proporcionar o devido prazer à sua parceira, é responsável por destruir inúmeros relacionamentos ao redor do mundo

Se você sofre desse problema, saiba que ele tem cura. Nosso método já ajudou mais de 18 mil homens a superar esse problema e reconquistar uma vida sexual digna que qualquer homem merece.

O post de hoje aborda a anorgasmia, fala dos principais sintomas e como ela funciona no corpo masculino, impedindo que os homens consigam atingir um orgasmo durante a relação sexual.

Quer saber mais? Então fique com a gente!

O que é a anorgasmia?

Como dito anteriormente, a anorgasmia é a incapacidade de atingir um orgasmo na hora da relação sexual. Mesmo que o homem esteja extremamente excitado e com uma boa ereção durante a hora H.

A estimativa é de que cerca de 8% a 14% da população masculina sofre de anorgasmia. Esse número é bastante preocupante. Esses homens geralmente tem autoestima baixa e se sentem extremamente envergonhados por não conseguir atingir o orgasmo com suas parceiras.

anorgasmia

A verdade é que esse problema quase rivaliza com a ejaculação precoce em termos numéricos. Afinal, o relacionamento e a parceira também sofrem com esse problema.

Muitos homens ainda acreditam que a anorgasmia (atraso na ejaculação) seja um ponto positivo na hora da transa. O homem que sofre de anorgasmia chega tão ao extremo e simplesmente não goza, independente do tempo de estímulo.

Então, o que será que acontece com esses homens?

Infelizmente, muitos fatores podem desenvolver a anorgasmia. Isso explica diretamente a porcentagem de homens que lutam contra ela e contra outros tipos comuns de disfunção sexual.

O que pode causar a anorgasmia?

  • Problemas (inibições psicológicas) mais comuns.
  • Conflitos entre o casal.
  • Masturbação desenfreada e contínua.
  • Efeitos colaterais de traumas sexuais.
  • Ansiedade
  • Depressão
  • Efeitos secundários de medicações
  • Transtornos urológicos congênitos

Para alguns homens, a anorgasmia pode se apresentar apenas como a incapacidade de atingir orgasmos durante a relação sexual, mas sendo algo normal na masturbação.

No entanto, outros homens só conseguem atingir esse orgasmo se o ato sexual for muito prolongado, com uma estimulação bastante intensa e que geralmente nunca acontece.

anorgasmia

Estudos apontam que a ansiedade com relação ao desempenho sexual é a evidência dos quase 90% dos casos de anorgasmia serem psicológicos.

A ansiedade do desempenho não está necessariamente relacionada à duração da relação sexual, ou ao nível de rigidez do pênis. Ela é referente ao medo de não satisfazer a parceira e sempre demorar muito para atingir o orgasmo.

Infelizmente essa ansiedade acaba condicionando a mente desses homens a pensar que eles sempre demorarão a atingir o orgasmo. Isso cria um padrão muito forte que desencadeia a anorgasmia, impedindo que o orgasmo aconteça.

Outros problemas psicológicos como estresse, e muitas vezes a autocorreção, também ajudam a agravar o quadro.

Outras causas podem ser enraizadas no desenvolvimento de atitudes negativas com relação ao sexo, mesmo desde a infância ou certa época da vida do homem.

Não podemos esquecer também que existe uma relação entre a anorgasmia e abuso sexual, conflitos conjugais e o tédio dentro do relacionamento.

O sexo nada mais é do que um aprendizado

Os homens não são menos orgásticos que as mulheres, pelo contrário. Eles são fisicamente capazes de até mesmo ter a famosa experiência de um orgasmo múltiplo e muitos outros tipos de prazer através das verdadeiras zonas erógenas do corpo.

Assim como as mulheres, os homens também precisam investir na experimentação dos próprios sensores do corpo. Explorar as reais características do prazer, não só das partes erógenas, mas também de outras áreas que envolvem os sentidos.

Só assim os homens conseguirão se entender em totalidade.

anorgasmia

Esses famosos pontos sensoriais geralmente são descobertos durante a vida e a experiência sexual. Eles podem ser “acordados” a partir da estimulação, principalmente se o homem for bem íntimo da parceira.

Todo ser humano aprende que é necessário se tocar a fim de conhecer o próprio corpo e descobrir as melhores sensações sexuais possíveis. 

O que muitos homens ainda não fazem é conhecer quais são esses pontos estratégicos e se dedicar a produzir os estímulos corretos para expandi-los até a eclosão de um bom orgasmo na hora H.

Além de conhecer o próprio corpo, para o casal ter um prazer completo, é preciso conhecer a parceira também. Saber não só onde, mas como tocá-la. Pense que essa pode ser uma experiência de aprendizado e uma nova forma de estímulo para que ambos cheguem ao orgasmo.

Portanto, dedicar-se a conhecer cada zona erógena da sua parceira é fundamental para proporcionar o prazer que ela deseja. Por isso, clique aqui e descubra quais são as formas de fazer com que sua mulher chegue, não somente a um orgasmo, mas, sim, ao orgasmo múltiplo.

Isso fará com que ela sinta sensações inimagináveis, trazendo muito mais satisfação sexual e unindo ainda mais os laços íntimos entre vocês, além de melhorar a sua autoconfiança e autoestima em vê-la completamente satisfeita depois do sexo.

Como as parceiras devem reagir ao descobrir que o parceiro sofre de anorgasmia?

No início a mulher pode parecer preocupada e insatisfeita com a falta de orgasmos do próprio parceiro. Ela se sentirá feia, rejeitada e poderá guardar outras mágoas e se estressar com as coisas mais fáceis.

O importante é que o homem se predisponha a ter uma conversa séria com a parceira a respeito do problema para que eles possam buscar o tratamento juntos.

anorgasmia

Depois disso, a mulher precisa ter uma postura compreensiva e se colocar no lugar do parceiro, se mostrando disposta a ajudar.

Infelizmente sabemos que muitas delas escondem do parceiro o descontentamento e até mesmo o cansaço por conta do problema com a anorgasmia.  Por medo de magoá-los, acabam aceitando e cultivando uma mágoa ainda maior e que afeta diretamente no relacionamento.

Por isso é tão importante que você toque no assunto. O comportamento ativo do casal é de extrema importância para conseguir o sucesso no tratamento.

Um psicoterapeuta possa sugerir que vocês pratiquem coisas juntos em casa, a fim de superar o problema caso ele seja psicológico.

E fique atento! Se a anorgasmia não for tratada, você e sua parceira podem continuar em uma vida conjugal insatisfatória e frustrante.

Não só o homem casado, mas também os solteiros podem passar a evitar ter relações sexual por conta da anorgasmia, pois eles ficam desmotivados.

Resultado disso? Depressão e ansiedade ainda maiores!

Se você sofre desse problema, procure ajuda médica e psicológica para descobrir as reais causas.

Como funcionam os testes de diagnóstico?

Alguns homens com anorgasmia primária não sentem tanta angústia, pois eles pode interpretar a atividade sexual de maneira agradável. O pênis fica bastante rígido e eles sentem o prazer do toque, por mais que nunca consigam ejacular com penetração.

Acontece é que eles acabam tendo orgasmo através de outros tipos de estímulos que não a penetração.

anorgasmia

Já em outros homens a angústia é constante. Torna-se impossível atingir um bom nível de tensão sexual, causando dores na região pélvica proveniente de uma congestão vascular genital.

Quando um homem experiencia a atividade sexual que não é acompanhada do orgasmo, a relação sexual acaba se tornando uma tarefa ou um direito da parceira, e não uma solução satisfatória e mútua de prazer para ambos.

A partir dessas circunstância o desejo sexual muitas vezes declina, e a atividade sexual acaba desenvolvendo ressentimento e conflito entre o casal.

Homens com anorgasmia e muito acúmulo de angústia devem ser submetidos a uma avaliação médica e psicológica profunda.

Os homens também podem desenvolver uma forma situacional de anorgasmia secundária, em que é mais fácil atingir o orgasmo. Em algumas situações únicas que dependem do tipo de parceira e das preliminares que ele recebe antes da penetração. Mas o orgasmo não acontece em todas as relações.

Essas variações não estão normalmente associadas àquela angústia pessoal que citamos anteriormente.

Como funciona o tratamento da anorgasmia masculina?

Quando a anorgasmia é causada por fatores psicológicos, é preciso explorar esses fatores a fim de entender o porquê a função orgástica não funciona como deveria. Logo, acompanhamento psicológico é essencial.

anorgasmia

O desejo sexual hipoativo é avaliado. Assim como depressão, falta de excitação, ansiedade, fadiga, preocupações emocionais, traumas do passado e quaisquer outros aspectos que possam estar influenciando diretamente no problema de anorgasmia.

Abordagens fisiológicas e que foram originadas de causas médicas ou no próprio corpo masculino, é preciso procurar um médico especializado. Ele verificará se algum medicamento que o paciente toma ou tomou desenvolveu o problema, e poderá fazer um controle do nível hormonal (testosterona), entre outras coisas.

Alguns remédios já foram comprovados no tratamento da anorgasmia, reestruturando a função orgástica do homem com sucesso. Mas é preciso passar por essa avaliação clínica antes de tomar esses medicamentos.

Como ter o controle da ejaculação pode ajudar no tratamento da anorgasmia?

Como vimos, a anorgasmia atormenta muitos homens e pode se tornar um problema sério no relacionamento. É possível, através de um método 100% natural, trabalhar a mente e o corpo para chegar ao controle absoluto da ejaculação.

O Programa CAE4S já ajudou milhares de homens no Brasil e no exterior a aprenderem esse controle e, assim, terem uma vida sexual mais plena e satisfatória com suas parceiras.

Clique aqui e assista à apresentação gratuita de como funcionam os exercícios naturais para aprender o controle absoluto da ejaculação. Ou se preferir, clique no banner abaixo.

Qualquer dúvida, nossa equipe está disponível diariamente para esclarecer quaisquer questionamentos a respeito desse e de outros problemas.

Nos falamos em breve, um abraço.

anorgasmia

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

Leia tambem:

como provocar orgasmos femininos

6 dicas infalíveis para ajudar sua parceira a chegar ao orgasmo.

o que fazer na hora do sexo

Sem Vergonha: Como lidar com situações constrangedoras no sexo

4 Dicas para fazer sexo com comida

Alimentos para sexo: 4 dicas para você apimentar o sexo com sua parceira

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!