Quais são os benefícios que a utilização do suplemento alimentar podem trazer a você?

Quais são os benefícios que a utilização do suplemento alimentar podem trazer a você?
3.5 (70%) 6 vote[s]

O suplemento alimentar é uma substância que pode ser utilizada para diversos objetivos, seja para auxiliar a ganhar músculos, para emagrecer ou ganhar energia.

Primordialmente, um suplemento natural não possui nenhuma contraindicação e nenhum efeito colateral negativo.

O BullCaps, por exemplo, é indicado para homens de todas as idades. Ele também não interfere em nenhum outro tratamento que você já esteja fazendo.

Assim, você também pode usar um suplemento alimentar para elevar sua potência sexual, aumentar a libido e equilibrar a testosterona.

Eles possuem fontes concentradas de:

  • Compostos vitamínicos;
  • Minerais;
  • Fibras;
  • Proteínas;
  • Aminoácidos;
  • Ácidos graxos (como o ômega-3);
  • Ervas;
  • Probióticos;
  • Aminoácidos;
  • Enzimasar;
  • Cotenóides;
  • Fitoesteróis, entre outras coisas.

Confira os benefícios que milhares de homens estão descobrindo com >> suplementos naturais << que podem te proporcionar mais energia sexual e equilibrar a testosterona.

Com base em sua composição, os suplementos manifestam efeitos nutricionais fisiológicos ou metabólicos (ou ambos) que funcionam como um acréscimo alimentar em situações que o consumo de alimentos seja insatisfatório.

Não são todas as pessoas que precisam ou podem fazer uso da suplementação alimentar, por isso, um acompanhamento nutricional é importante.

O que ANVISA fala sobre Suplemento Alimentar

A cada dia os suplementos vão ganhando mais espaço em nosso cotidiano.

A Associação Brasileira da Indústria de Suplementos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad) afirma que uma porcentagem de 54 lares do Brasil, tem pelo menos uma pessoa que utiliza algum suplemento alimentar como complementação da alimentação diária.

Segunda a ANVISA há 6 categorias de alimentos e uma de medicamentos que podem ser classificadas como suplementos alimentares:

  • substâncias bioativas e probióticos;
  • medicamentos específicos sem prescrição médica;
  • complementos alimentares para gestantes e nutrizes;
  • suplementos para atletas;
  • suplementos de vitaminas e minerais;
  • novos alimentos;
  • alimentos com alegações de propriedades funcionais.

Os suplementos podem ser dispostos na forma líquida, aerossol, semi-sólida e sólida, por meio de tabletes, drágeas, pós, cápsulas, granulados, pastilhas mastigáveis, líquidos e suspensões.

suplemento alimentar

Mas é muito importante destacar que os suplementos alimentares têm por intuito dar um suporte na alimentação de pessoas saudáveis ou carentes de uma substância específica.

Isto é, a alimentação rotineira é a fonte na qual a pessoa irá obter todos os nutrientes e energia para garantir saúde e desenvolvimento físico.

Pode acontecer por exemplo da alimentação, mesmo que instruída por um profissional, não ser suficiente para assegurar que todos os nutrientes estão sendo devidamente absorvidos.

Portanto, a suplementação entra como um suporte para suprir o déficit dessa má absorção de nutrientes.

Qualquer pessoa pode ingerir suplementos alimentares?

A ingestão dos suplementos alimentares deve ser recomendada por algum profissional da área da saúde, seja um nutricionista ou médico.

Como já foi falado, os produtos podem ser usados para auxiliar em várias questões.

Desde ajudar na nutrição de uma pessoa que pratica algum esporte como profissão, um atleta, dar mais energia.

Dessa forma, permitem que eles consigam comprimir a demanda de treinamentos rotineiros para ampliar o desempenho.

Seja físico ou sexual e até mesmo ajudar na redução de absorção de substâncias prejudiciais a saúde, como o colesterol por exemplo.

Produtos registrados e regularizados não têm efeitos imediatos como o ganho de massa muscular com rapidez ou emagrecimento.

Se eu seguir a risca as instruções da embalagem é o suficiente para saber como pode ser ingerido?

Os produtos que obedecem os requisitos da legislação, o indicativo de utilização da embalagem é sim suficiente.

Porém, a ingestão deverá ser recomendada por um médico ou nutricionista.

A suplementação utilizada juntamente com produtos e medicamentos para atletas é mais ou menos eficaz que uma alimentação balanceada?

Depende do seu objetivo.

Normalmente a maioria dos indivíduos não precisa de suplementos diários para atender as necessidades relacionadas a uma vida saudável, levando em conta a prática de atividades físicas.

A alimentação para os atletas ou pessoas que fazem atividades físicas ativamente, é designada para um determinado público.

Entretanto, a eficiência da sua ingestão está ligada com um plano para alcançar as metas, que pode estar incluso ou não o uso de suplementos alimentares.

O consumo de suplementos alimentares pode prejudicar a saúde de alguém?  

Os produtos que são comercializados de forma legal tem muito chance de fazer mal a alguém e se utilizado de maneira indiscriminada os malefícios só aumentam.

Tais produtos podem ter substâncias prejudiciais, como hormônios ou extrato de plantas.

Os produtos devidamente regulamentados podem e devem ser ingeridos de acordo com uma orientação profissional.

Também é importante se atentar ao objetivo em questão.

Por exemplo, a suplementação de cafeína para atletas, pode causar efeitos que interferem no bem estar e saúde de um indivíduo que não pratica esportes e são sensíveis à substância.

É necessário receita médica para adquirir um suplemento?

Não. Não é necessário. Visto que, os alimentos aqui no país possuem livre comercialização, portanto não precisam de receita para comprá-los.

Mas, a necessidade da ingestão de um alimento para complementar a alimentação deve ser pesquisada por um médico ou nutricionista.

Suplementos e anabolizantes são a mesma coisa?

Não. Os anabolizantes são substâncias que não são permitidas no uso de alimentos e elas atuam como hormônios no organismo.

Normalmente são utilizados para auxiliar no ganho de massa muscular concomitantemente com atividades físicas próprias.

Na categoria dos suplementos alimentícios estão inclusos diversos produtos que são designados a disponibilidade de nutrientes e outros elementos que pode ter uma substância específica, como a redução de colesterol e  gorduras.  

Quais são os perigos de utilizar um suplemento alimentar e anabolizantes sem consultar um especialista?

Depende se você está utilizando um produto de qualidade e que atende aos requisitos estabelecidos na legislação.

Se for um produto regulamentado o risco é baixo.

No entanto, os produtos de comercialização ilegal pode conter elementos que causam problemas ao fígado.

Os anabolizantes são produtos que podem levar a muitos problemas hepáticos, cardiovasculares e hormonais se utilizados de forma indiscriminada.

Por isso, eles não, são liberados para a utilização em suplementos.

Como é o processo de regulamentação dos suplementos alimentares?

No Brasil, os produtos normalmente chamados de “dieary supplements” são configurados em uma categoria prevista na lei, como suplementos vitamínicos e/ou minerais.

Como também alimentos para a prática intensiva de exercícios físicos, novos alimentos e substâncias bioativas com o indício de propriedade funcional.

Não é permitida a venda de produtos que não atendem aos requisitos propostos no regulamento.

Essa regularização ocorre juntamente com o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária através de um procedimento administrativo de registro ou comunicação de fabricação.  

Existe fiscalização de um Suplemento Alimentar?

O Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) é coordenado pela ANVISA, é integrado por instituições de Vigilância Sanitária estaduais e municipais.

Estas por sua vez, são os principais responsáveis pela fiscalização das empresas situadas nas suas áreas de trabalho e dos alimentos vendidos em sua região.

As inspeções podem ser planejadas ou realizadas para a investigação de denúncias.

A fiscalização de alimentos, além de realizada por meio das fiscalizações sanitárias, também acontece pelos Programas de Monitoramento, que tem como objetivo avaliar a exposição e verificar se os produtos cumprem o padrão da legislação e a execução das boas práticas de fabricação.

A supervisão é realizada por meio de análises dos suplementos e da verificação adequada das substâncias que compõem o produtos permitidos na legislação.

Os produtos que são importados também devem atender às determinações da legislação brasileira, desse modo, passam pelas mesmas medidas de inspeção que as impostas aos produtos de origem nacional.

Se por acaso são constatadas irregularidades sanitárias, a vigilância sanitária da região pode adotar normas apropriadas para precaver a saúde da população.

Assim, ela irá impedir a produção e venda do produto até a que as irregularidades sejam reparadas.

Conforme o risco que os produtos oferecem e da extensão de distribuição deste, a ANVISA executa mais medidas para intervir na ambitude nacional.

As punições podem ser desde advertências, apreensões, interdições, suspensão do registro e/ multa.

Confira agora, um vídeo esclarecedor do nutricionista Renato Barbim no qual esclarece principais dúvidas sobre a suplementação.

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

Leia tambem:

suplementos

A importância dos suplementos naturais para a sua vitalidade

Aumente a sua virilidade com o mais inovador dos produtos

Testosterona Baixa: saiba o que fazer quando os seus níveis de testosterona não andam muito regulados

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!