Saiba como Antidepressivos são usados para tratar a Ejaculação Precoce e Métodos alternativos podem ser mais Saudáveis e Eficazes

A utilização de antidepressivos contra a ejaculação precoce é um assunto bastante complexo, pois muitos homens acabam optando por esse tratamento e não procuram meios de se curar sem causar efeitos colaterais.

Vários especialistas e clínicas afirmam que os antidepressivos são indispensáveis para resolver o problema, oferecendo tratamentos paliativos.

O grande problema é que esses paliativos podem, além de causar efeitos colaterais graves, agravar a situação de ejaculação precoce, pois fazem com que o cérebro se condicione à rotina e dependência química.

antidepressivos

A grande verdade é que essas instituições não costumam se aprofundar na busca pela real causa da disfunção, seja pelo interesse da venda de antidepressivos ou por nem sempre possuir profissionais capacitados à auxiliar emocionalmente o paciente.

Segundo eles, essa disfunção não seria nada mais que um fruto da grande ansiedade que precede a relação sexual, iniciada desde as primeiras relações sexuais.

O que Drauzio Varella nos ensina sobre Ejaculação Precoce

Em seu site drauzio, realizou uma entrevista com o médico urologista, Sidney Glina, chefe do Departamento de Urologia do Hospital do Ipiranga (São Paulo/SP), diretor do Instituto H-Ellis, coordenador da Unidade de Reprodução Humana do Hospital Israelita Albert Einstein

Nesta entrevista Drauzio questiona ao Dr. Sidney algumas informações importantes sobre a incidência da ejaculação precoce na vida do homem (e do casal) e o uso de antidepressivos como tratamento.

De fato, é comprovado que a disfunção se manifesta quando o homem inicia sua experiência sexual, não apenas pelo fato de ser uma descoberta de sensações, mas principalmente pelo fato do homem alimentar alguns medos que provocam a ansiedade.

É esperado que com o tempo essa situação, naturalmente, não aconteça mais, já que o homem melhora suas experiências sexuais e aprende com as próprias emoções.

Dois pontos principais para a cura definitiva da Ejaculação Precoce sem Antidepressivos

Também é citado pelos profissionais que, outro tratamento alternativo ao uso de antidepressivos, é a terapia psicológica, cujos resultados são melhores alcançados quando a parceira é inclusa neste tratamento.

antidepressivos

• Tratamento para Ejaculação Precoce na Psicoterapia sem Antidepressivos •

De acordo com Sidney Glina,  já foi observado que iniciar o tratamento pela terapia e com auxílio da parceira, não só proporciona uma cura definitiva da ejaculação precoce como também melhora muito o relacionamento.

Isso é muito importante, pois em muitos casos a relação já está desgastada e não há muito da cumplicidade para se compartilhar.

Logo, o tratamento capacita o homem à trabalhar seu emocional e incentiva o casal a recuperar a intimidade e partilhamento de questões em busca da felicidade conjugal.

Mas os Especialistas ainda indicam o uso de Antidepressivos para Combater a Ejaculação Precoce

Apesar de termos grandes referências sobre o assunto dizendo que existe um mal escondido por trás de remédios assim e alertando aos seus perigos, a indústria vende como nunca antidepressivos e remédios atenuantes.

Estes especialistas afirmam ainda que os efeitos colaterais provocados por estes tipos de remédios superariam os benefícios causados por eles.

Dentre estes efeitos colaterais mais que indesejados, os mais comuns seriam náusea, vômitos, sonolência, disfunção erétil e até mesmo diminuição da libido.

Entretanto, outros especialistas afirmam que a utilização da medicina com os antidepressivos, sob rigoroso controle médico, diminuiriam a ansiedade e a aflição que atinge o homem no momento da relação sexual.

Assim o homem, ao longo do tempo e com a autoconfiança recuperada, conseguiria prescindir até mesmo do uso de medicamentos.

Mesmo havendo muito abuso por parte de muitas clínicas e especialistas, também não podemos descartar completamente a necessidade do uso de antidepressivos como forma de controle da ejaculação, quando outras alternativas já foram experimentadas.

Remédios que ajudam a Retardar a Ejaculação Precoce

O Dr. Arthur Frazão, clínico geral e especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, listou os seguintes compostos como os principais utilizados para o tratamento contra ejaculação precoce:

  • Clomipramina: é um dos antidepressivos que tem alta taxa de sucesso no tratamento da ejaculação precoce, no entanto, possui vários efeitos colaterais;

  • Trazodona: é um dos antidepressivos que apresenta bons resultados ao evitar a ejaculação precoce e ao diminuir a ansiedade, sem causar muitos efeitos colaterais. No entanto, pode causar sonolência e, por isso, deve ser ingerido à noite;

  • Paroxetina, sertralina ou Fluoxetina: são antidepressivos que retardam a ejaculação precoce, no entanto, possuem resultados inferiores aos remédios anteriores;

  • Lidocaína ou Prilocaína: são anestésicos tópicos que devem ser aplicados sobre o pênis para reduzir a sensibilidade e diminuir a vontade de ejacular. Porém, podem causar efeitos colaterais como diminuição do prazer ou surgimento de reações alérgicas.

O que realmente sabemos sobre esses Remédios e sua relação com a Ejaculação?

Substâncias como a Clorpromazina e a Sulpirida atuam diretamente no sistema nervoso central e normalmente são encontrados em remédios antipsicóticos.

Responsáveis pelo bloqueio dos receptores centrais de uma substância chamada Dopamina, responsável pela sensação de prazer.

antidepressivos

Alguns remédios antidepressivos aparentemente resolvem parte do problema, pois se observou que a ejaculação precoce é fortemente influenciada pelos déficits de neurotransmissores, como a serotonina.

E a administração de remédios específicos para tal, como os antidepressivos, ajudam a regular este mecanismo e prolongar a duração da relação sexual.

Não é por acaso que um dos efeitos colaterais dos remédios contra a depressão seja justamente um retardo na ejaculação.

Existe um remédio específico chamado Priligy, à base de Dapoxetina, desenvolvido especificamente para a ejaculação precoce.

O medicamento atua diretamente sobre os níveis de serotonina que, segundo pesquisas, é encontrada em níveis significativos nos homens com dificuldades para controlar a ejaculação.

Não é proibido, mas é preciso cuidado com o uso de Antidepressivos para tratar a Ejaculação Precoce

Em todo caso, cada pessoa é diferente de outra e por isso cada homem reage de modo diverso a um tratamento que ainda é um verdadeiro tabu entre nós.

Por isso não é possível generalizar e dizer que a solução ideal é o aprendizado de técnicas exclusivas ou o uso de medicamentos antidepressivos.

Entretanto e acima de tudo, qualquer que seja a escolha, ela deve ser tomada apenas depois da consulta a um especialista, ao menos para garantir que você não possua nenhuma pré-disposição à efeitos mais agressivos dos remédios.

Neste caso o ideal seria procurar um urologista, um psicólogo ou mesmo um psiquiatra que poderiam indicar a melhor alternativa de tratamento, cada um dentro de sua área de atuação e dependendo da natureza do problema do paciente.

antidepressivos

Não estamos dizendo aqui, que apenas tratamentos naturais são totalmente infalíveis e definitivos, até porque já dissemos que cada homem é diferente de outro e pode, ou não, funcionar com ele.

O que queremos é trazer um maior entendimento sobre os resultados que percebemos ao longo dos anos de experiência nesse ramo.

Observamos muitos homens não conseguindo mais satisfazer sua parceira e perderem seus casamentos e família por causa disso.

Vimos que os antidepressivos causaram um mal a longo prazo, tanto para homens que o usaram contra a ejaculação precoce quanto para homens que o usaram para tratamentos de depressão.

E como outros Tratamentos Alternativos podem ser melhores que Antidepressivos

Segundo estatísticas, a ejaculação precoce atinge 30% dos homens em todo o mundo.

Isto sem falar daqueles que, por vergonha, falta de informação ou preconceito, jamais procuraram orientação médica.

Por isso, não deixe que a vergonha e a falta de informação atrapalhem sua vida sexual, confira algumas dicas para retardar a ejaculação precoce.

Nessas dicas, você encontrará técnicas especiais como o fortalecimento dos músculos pélvicos, técnica do start-stop e a prática do Yoga para o controle da ansiedade e outras técnicas adicionais.

Essa dica é para você acabar de vez com a Ejaculação Precoce!

Cada uma dessas técnicas e muito mais, você pode ter acesso agora! CONSIGA DE MANEIRA SIMPLES se livrar em pouco tempo da indesejada ejaculação precoce.

Alguns médicos também sustentam que o problema da ejaculação precoce poderia ser resolvida ou ao menos controlada, graças ao uso dessas técnicas especiais, sendo desnecessário o uso de remédios.

Claro que para ter o Controle Absoluto da sua ejaculação, é preciso um pouco de prática e disciplina, mas os resultados irão surpreender você e sua parceira!

AUMENTE AGORA o tempo de prazer na cama e melhore seu desempenho para recuperar sua autoestima e segurança na relação, basta clicar no banner.

Agora é possível ter Satisfação Sexual como nunca antes! 

Nos falamos em breve, um abraço.

antidepressivos

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

1 comentário

Leia tambem:

losartana causa impotência

É verdade que a Losartana® causa impotência? Descubra agora os seus efeitos.

tramadol

Cloridrato de Tramadol: O que é e para que serve

dapoxetina

Dapoxetina no tratamento da ejaculação precoce. Será essa a solução definitiva para o problema?

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!