Dapoxetina no tratamento da ejaculação precoce. Será essa a solução definitiva para o problema?

Recentemente, foi desenvolvido um medicamento específico para o tratamento da Ejaculação Precoce. A dapoxetina é um fármaco da mesma classe da fluoxetina, ou seja, é um inibidor seletivo da recaptação da serotonina.

Como muitos outros medicamentos, inicialmente a dapoxetina deveria ser um remédio para tratamento da depressão. Porém, ao realizar os testes necessários, observou-se que ele atuava no organismo de uma forma diferente.

Um estudo realizado pela Universidade de Minnesota, nos EUA, com 2.600 homens, mostrou que o tempo médio de ejaculação aumentou de 1 minuto para 3 minutos.

O Priligy®, nome que foi batizada a droga, já é autorizado e comercializado no Brasil. Porém, de acordo com regulamentação da ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – a dapoxetina se enquadra na lista C1 de drogas sujeitas à controle especial. Ou seja, o remédio é vendido apenas com receita médica especial em duas vias.

Mas será que a dapoxetina realmente cumpre o que promete? É isso que você vai saber no artigo de hoje.

Como funciona a dapoxetina

Estudos psicofarmacológicos conduzidos em seres humanos têm comprovado que a serotonina tem papel crucial no processo ejaculatório. Assim, faz total sentido que os Inibidores Seletivos da Recaptação de Serotonina – ISRS – ajudem no tratamento da Ejaculação Precoce.

A dapoxetina pertence exatamente à essa família de fármacos. O que a diferencia de outros medicamentos como Prozac, Zoloft ou Paxil, que são antidepressivos, é a forma que ela atua no cérebro.

Para que a ejaculação aconteça, um reflexo é enviado do cérebro para o sistema nervoso. A dapoxetina diminui a captação desse comando pelo cérebro, assim sendo o pênis continua estimulado por mais tempo e ao indivíduo maior controle sobre o tempo de ejaculação.

dapoxetina

Os primeiros estudos, conduzidos pelo Dr. Jon L. Pryor, presidente de cirurgia urológica da Universidade de Minnesota, foram feitos com 2.600 homens. Estes homens tomaram doses de 30 e 60 mg, ou um placebo, de 1-3 horas antes do sexo.

Antes de tomar a dapoxetina, os homens duravam uma média de 55 segundos, contados do início da penetração até o momento da ejaculação. Após tomar o medicamento, a duração sexual foi a seguinte:

  • 1 minuto e 45 segundos – homens que tomaram o placebo;
  • 2 minutos e 47 segundos – homens que tomaram doses de 30 mg;
  • 3 minutos e 19 segundos – homens que tomaram doses de 60 mg.

Os homens também foram convidados a se autoavaliar sobre o quão bem eles pensavam que eram capazes de controlar a ejaculação. Eis o resultado:

  • Antes do estudo – 3%
  • Homens que tomaram o placebo – 26,4%
  • Homens que tomaram doses de 30 mg – 51,8%
  • Homens que tomaram doses de 60 mg – 58,4%

Dapoxetina no tratamento da Ejaculação Precoce

Além do estudo realizado pelo Dr. Pryor, um outro estudo de 2016 teve o objetivo de avaliar a eficácia e segurança do uso da dapoxetina no combate a ejaculação precoce. Para isso, um total de 116 homens entre 23 e 49 anos foram divididos em dois grupos.

No primeiro grupo foram administrados 20 mg de tansulosina por um período de 4 semanas. O segundo grupo recebeu 30 mg de dapoxetina pelo mesmo período de tempo.

Foram avaliadas a impressão clínica global de mudança, os níveis de ejaculação precoce e o tempo de controle da ejaculação durante a penetração.  O grupo que recebeu o tratamento com dapoxetina teve melhora em todos os pontos avaliados, comprovando a eficácia do fármaco.

Mas, se a dapoxetina é assim tão eficaz no tratamento da ejaculação precoce, então por que o Priligy® não é recomendado em todos os casos?

Simplesmente porque, assim como todo medicamento, a dapoxetina possui seus efeitos colaterais desagradáveis que, ao avaliar os riscos x benefícios, não valem a pena. Dentre os sintomas relatados estão náuseas, diarreia, tontura, dores de cabeça, insônia e fadiga.

Além disso, o tratamento com dapoxetina causa dependência no organismo. Como resultado, ao interromper o uso do medicamento você volta à estaca zero.

Portanto, talvez o uso da dapoxetina no tratamento da ejaculação precoce não seja uma opção viável e por isso não é a primeira indicação dos profissionais da área.

Tratamento natural para Ejaculação Precoce

Cientificamente, a ejaculação precoce é quando o homem ejacula antes, durante ou logo após a penetração. Essa disfunção sexual atinge cerca de 25,8% da população masculina no Brasil.

Mas também podemos considerar homens que não possuem o controle voluntário da ejaculação, e que gozam antes do tempo desejado por ele ou sua parceira. Quando isso acontece, geralmente vem acompanhado de um sentimento de insatisfação e desconforto extremo.

Ainda, a ejaculação precoce pode ser dividida em dois tipos: adquirida ou ao longo da vida. A ejaculação precoce adquirida é aquela que começa em determinado ponto da vida em homens que não apresentavam nenhum sinal da disfunção.

Já a ejaculação precoce ao longo da vida é quando desde o início da vida sexual a ejaculação ocorre antes do momento desejado. Assim sendo, a capacidade de retardar a ejaculação está diminuída ou totalmente ausente. A maioria dos casos de ejaculação precoce ao longo da vida é tratada com uso de dapoxetina ou medicamentos similares.

Mas existem soluções alternativas igualmente ou de maior eficácia que esses medicamentos. Essas soluções baseiam-se em exercícios de treinamento físico, psicológico e emocional. Visto que uma das maires causas da ejaculação precoce é a ansiedade, o treinamento para o controle absoluto da ejaculação é a melhor alternativa.

dapoxetina

Dapoxetina X tratamento natural

O tratamento da ejaculação precoce com a dapoxetina é possível e tem eficácia comprovada. Homens que fizeram uso do Priligy® apresentaram uma melhora significativa no tempo de controle da ejaculação  durante o tratamento.

Contudo, antes de perguntar ao seu médico se você pode fazer uso da dapoxetina, vale levar em consideração alguns fatores: dependência do medicamento, efeitos colaterais, custos com o tratamento e duração dos resultados.

É importante fazer essas consideração para que você não faça uma escolha errada. O Priligy® irá permitir que você consiga segurar a ejaculação por um pouco mais de tempo. Porém, além de você ficar refém do medicamento, os efeitos só duram enquanto você faz uso dele. Quando você parar de tomar o remédio, você será novamente incapaz de controlar a ejaculação.

Inegavelmente, você também tem um custo vitalício porque sempre precisará comprar mais e mais caixas. A longo prazo isso pode se tornar financeiramente inviável.

Além disso, há os indesejados efeitos colaterais que já citei aqui.

Entretanto, ao optar por um tratamento natural como exercícios, os benefícios podem ser mais atrativos. Os resultados são definitivos pois o controle da ejaculação é uma habilidade que você aprende. O tempo de controle é definido por você, podendo chegar a 30, 40, ou até 50 minutos. Você decide a hora que quer gozar.

E principalmente por ser um método 100% natural, não possui nenhuma contraindicação ou efeito colateral.

Veja abaixo um comparativo entre a dapoxetina e o tratamento natural

dapoxetina

Portanto, antes e tomar uma decisão definitiva, leve em consideração todas as alternativas.

A ejaculação precoce causa diversos prejuízos em um relacionamento e, na busca por uma solução rápida e eficaz, muitos homens acabam tomando decisões erradas. O objetivo principal do Blog Ejaculando com Controle é auxiliar os homens a encontrarem a melhor solução para tratamento de disfunções sexuais e outros problemas.

Portanto, nosso compromisso é com você.

Mas temos disponível também outros conteúdos complementares que deixarei listados abaixo. São artigos completos que podem te auxiliar na busca pelo melhor tratamento para ejaculação precoce.

Antidepressivo para ejaculação precoce: não caia nessa armadilha

Exercícios para controlar a Ejaculação Precoce: a forma definitiva de acabar com a disfunção

Tratamentos para controlar Ejaculação e como melhorar o desempenho de forma definitiva

Método CAE4S já ajudou mais de 18 mil homens a acabar com a Ejaculação Precoce

Conheça o método E.C.I: uma nova abordagem para o controle absoluto da ejaculação

A verdade sobre o creme retardante e como você pode controlar a ejaculação

Espero que tenha ficado claro, mas qualquer dúvida basta entrar em contato pelo e-mail ecc.contato@gmail.com. Um abraço e até breve!

 

Referências:

ABDO, João Afif. ABDO, Carmita H. N. Abordagem e Tratamento da Ejaculação Precoce. 2013

BASTOS, Gabriel. Primeira Droga Aprovada para o Tratamento da Ejaculação Precoce – Dapoxetina. 2014

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

2 Comentários

  • Mayckon says:

    Quanto tempo de tratamento?

    • Davi says:

      Mayckon, boa noite.

      Olha tratamento como a dapoxetina geralmente são orientados de forma individual, cada paciênte tem uma necessidade e um tempo diferente, aconselho que procure um médico especialista para te orientar melhor caso escolha tratamento via remédios, como é o caso.

      Caso queira aprender a se livrar da ejaculação precoce recomendo que conheça nosso livro digital “Ejaculando com Controle: Básico e Avançado”, tenho certeza que você irá resolver seu problema.

      Qualquer dúvida estamos a disposição.

      Davi Ribeiro
      Equipe EjaculandoComControle.com

Leia tambem:

ervas naturais

Ervas naturais e naturopatia: medicina alternativa pode ser a solução para tratar disfunções sexuais

Tenha mais energia e disposição para o sexo com o BullCaps

benefícios do cloreto de magnésio

Conheça os Benefícios do Cloreto de Magnésio e como utilizá-lo para Potencializar seu Desempenho

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!