Como Evitar que os Sintomas do Estresse Sabotem seu Desempenho Sexual

sintomas do estresse
Como Evitar que os Sintomas do Estresse Sabotem seu Desempenho Sexual
5 (100%) 3 votes

Um dos principais sintomas do estresse está relacionado a problemas sexuais. Acredita-se que em 80% dos casos de ejaculação precoce são consequências de algum quadro crônico de estresse ou ansiedade.

Isso porque uma situação estressante faz com que o corpo produza mais adrenalina, acelerando o período de latência ejaculatória.

O estresse é caracterizado como uma reação do nosso corpo em resposta a situações que acabam desequilibrando o nosso organismo, provocadas por pressões ou níveis de tensões do nossa rotina.

Por exemplo:

  • Problemas No Trabalho
  • Brigas constantes no Relacionamento
  • Crises financeiras
  • Chegada de um filho
  • Inicie de um novo emprego
  • Perda de algum ente querido

Essas são algumas das situações que nos fazem entrar em desiquilíbrio com o nosso corpo e que podem gerar reações estressantes como resposta.

No próximo tópico vamos aprofundar mais. Nele você poderá analisar a dimensão que esse desequilíbrio pode provocar emocionalmente e fisicamente ao corpo.

Fatores Psicológicos 

Um dos problemas que mais afetam o nosso psicológico, certamente está relacionado com o estresse. Muitos sintomas quando não são tratados, podem contribuir para algo mais grave, como depressão ou crise de pânico.

Portanto, se você está passando por crises ou situações constantes de alta pressão ou mudanças drásticas e repentinas na sua rotina, então é muito importante ficar atento a qualquer um desses sinais.

Porém, vale lembrar que esses sintomas isolados não configuram o problema, mas, sim, o conjunto de reações.

  1. Ansiedade;
  2. Falta de Concentração;
  3. Problemas de memória;
  4. Irritação ou Impaciência constante;
  5. Angústia;
  6. Preocupação Excessiva;
  7. Nervosismo;
  8. Problemas em tomar pequenas ou grande decisões;
  9. Tontura.

Fatores Físicos como Sintomas do Estresse

Quando ouvimos dizer que a pessoa está muito estressada, logo associamos a manifestações psicológicas, o que não está totalmente errado, porém, além deles existem sintomas físicos que também caracterizam esse distúrbio.

Como qualquer problema que afeta diretamente o funcionamento do nosso organismo, os sintomas do estresse são marcados por reações do nosso corpo ao descontrole dos nossos hormônios e emoções provocados por reações estressantes, como:

  1. Problemas para dormir;
  2. Cansaço em excesso;
  3. Gastrite ou Ulceras;
  4. Dores Musculares;
  5. Queda expressiva de cabelo;
  6. Dores de Cabeça;
  7. Alteração do apetite;
  8. Problemas Sexuais

sintomas do estresse

Em casos mais crônicos, esses sintomas podem, além de se intensificarem, mas também contribuir para outros problemas, como:

Nesse caso, os níveis de adrenalina no seu corpo está em grande escala que o seu organismo começa a se comportar de forma desenfreada.

É muito importante procurar ajuda com o especialista para que esses sintomas não intensifiquem e acabem ocasionado outros problemas.

Leia também: Como fazer a Reposição de Testosterona Sem Ter Efeitos Colaterais

Traumas Sexuais Podem Gerar Estresse

  • Masturbação

Algumas situações que acontecem durante a primeira relação sexual, ou até mesmo quando estamos aflorando a sexualidade, podem desencadear algumas reações traumáticas que acabam afetando nossa vida sexual por longo tempo.

Por exemplo, o adolescente que passa por situações estressantes como ser pego se masturbando ou fazendo sexo, pode acabar sempre associando o ato sexual a adrenalina, mandando sinais ao cérebro para que ejacula precocemente.

  • Pressão Social

O homem, para provar que é homem, deve ser bom de cama. Essa é uma situação completamente estressante, principalmente para alguém que está começando a ter relações sexuais. A adrenalina corre solta e a ejaculação acontece sem que o homem se dê conta.

  • Medo Feminino

Há situações em que as mulheres podem causar ansiedade em nós, homens. Principalmente aquelas que sempre desejamos nos relacionar e que parecem ser mais experiente na hora h.

Esse tipo de sensação acaba contribuindo para a cobrança em realizar uma performance de ator porno, o que gera ansiedade, estresse e acaba contribuindo para uma ejaculação precoce ou até mesmo problema de ereção na hora do sexo.

Posso afirmar que o estresse esteja causando ejaculação precoce?

A melhor maneira de diagnosticar o distúrbio é consultar-se com o especialista, visto que somente ele poderá realizar os exames e verificar seu histórico médico, a fim de descobrir o que pode estar fazendo com que você ejacule rápido demais.

Ainda, acredita-se os especialistas que em 80% dos diagnósticos realizados nos consultórios médicos, estão relacionados com problemas emocionais.

Ansiedade e Estresse são os campeões nesse sentido. Muitas pessoas chegam com estafa emocional e acabam nem mesmo percebendo.

Por isso, comece a analisar em seus dias estressantes como anda sua performance sexual. Não deixe de notar e prestar a atenção no seu corpo e, principalmente, nos sinais que ele nos manda para avisar de que algo não vai bem.

Isso irá ajudar, e muito, no diagnostico! Mas..

Existe um tempo ideal para que eu ejacule?

Segundo estudo médico, não existe tempo ideal para você ejacular. Se você chega ao ápice em 5 minutos, mas você e sua parceira estão satisfeitos e realizados com esse tempo, então não precisa dizer, necessariamente, que você é precoce.

Contudo, quando a ejaculação acontece antes da penetração ou poucos segundos após a penetração e sua parceira não se sinta satisfeita em mais de 50% das relações, então isso mostra como uma forte indicio de que você pode estar com ejaculação precoce.

Leia também: Quanto tempo dura uma relação sexual satisfatória? 4 Táticas do Prazer para prolongar o Sexo hoje mesmo!

Acho que estou com ejaculação precoce, como resolver?

Com esses relatos, percebe-se que a ejaculação precoce é um problema que tem fundo emocional. Por isso, é necessário manter-se calmo e mandar os maus pensamentos para longe na hora da relação sexual.

Esqueça-se dos problemas quando for ter uma noite de prazer para garantir uma vida sexual gostosa e sadia tanto para você quanto para a sua parceira.

Não é fácil livrar-se dos problemas do dia-a-dia, mas cada pessoa tem seus mecanismos. Alguns encontram sua válvula de escape na prática de esportes, em jogos de video game, na música, na leitura ou em qualquer outra atividade.

Procure a que mais te chame a atenção e comece a praticar. Sessões de massagem, acupuntura ou outras medicinas alternativas também aliviam a tensão. Assim, você se sentirá mais aliviado e sentirá os reflexos rapidamente na hora em que estiver acompanhado.

A conversa franca com a sua parceira também é muito importante. Ela é uma peça-chave para te ajudar a superar esse problema. Se ela for compreensiva o suficiente, certamente ela irá te ajudar nesse processo.

Na hora da relação sexual, respire fundo, pois isso te ajudará a oxigenar o cérebro e te deixará mais aliviado, esquecendo das tensões.

Em paralelo a essas dicas é importante procurar o melhor tratamento. Os mais indicados pelos especialistas são os naturais, justamente por não apresentarem efeitos colaterais e não utilizarem nenhum remédio como composição.

Leia também: Com mais de 20 mil inscritos, o Treinamento CAE4S revolucionou a maneira de tratar a ejaculação precoce


Espero ter te ajudado!

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

Comments are closed here.

Leia tambem:

tratar ejaculação precoce

Entenda o que é e como Tratar Ejaculação Precoce de forma eficaz e definitiva

o que fazer para diminuir a ansiedade

O Que fazer Para Diminuir A Ansiedade Masculina Antes Do Sexo

masturbação para a ejaculação precoce

Entenda os prós e contras da Masturbação para a Ejaculação Precoce

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!