As 7 principais Doenças que Afetam os Homens e como identificá-las para buscar tratamento adequado

doenças que afetam os homens
As 7 principais Doenças que Afetam os Homens e como identificá-las para buscar tratamento adequado
Gostou desse artigo?

Nossos dias são divididos entre trabalho, família, estudos e todas as atividades que precisamos cumprir. Esta rotina faz com que a grande maioria das pessoas se esqueçam do que deveria ser prioridade: a saúde. No entanto, existem doenças que afetam os homens e que representam um sério risco se não tratadas adequadamente.

A impressão que se tem é que os dias estão menores para tantas obrigações. A falta de cuidados com a própria saúde prejudica o desempenho profissional e até mesmo as relações sociais. Por isso, nós do ECC resolvemos listar as principais doenças que afetam os homens, bem como seus sintomas.

Assim, é possível para você identificar o problema antes que ele se torne grave e cause mais prejuízos para a sua saúde.

Você se cuida?

Sugiro uma reflexão sobre o número de vezes que você visitou seu médico no último ano.

Os homens são culturalmente programados para serem autossuficientes. Desde pequenos, são acostumados com a ideia de que o homem não deve reclamar, sentir dor ou chorar. É importante nos lembrarmos que estamos falando de organismos complexos que apresentam defeitos e necessitam de cuidados.

Pesquisas do Ministério da Saúde apontam que, entre mortes no Brasil de pessoas com idade entre 20 e 59 anos, 68% são homens. Outro dado impactante é de que os homens vivem, em média, 7 anos a menos do que as mulheres.

O número de doenças aumenta e se tornam problemas graves pela falta de prevenção e cuidados com a saúde.

Agora, vamos abordar as principais doenças que afetam os homens de forma mais informativa para aprendermos um pouco mais sobre cada uma.

7 principais Doenças que Afetam os Homens

AVC ou Derrame cerebral

O acidente vascular cerebral – AVC – popularmente conhecido como “derrame”, é uma das doenças que afetam os homens mais ignoradas. Isso porque a falta de conhecimento de seus sintomas pode fazer com que a pessoa demore a buscar ajuda.

O AVC é causado pelo entupimento ou rompimento de vasos sanguíneos que irrigam o cérebro. Por isso, deve-se ficar atento aos seus sintomas, pois o socorro rápido pode ser fundamental para salvar a vida do paciente.

Principais sintomas:

  • Dor de cabeça repentina;
  • Alterações motoras como dormência nos braços, por exemplo;
  • Contração involuntária que paralisa os músculos da face;
  • Alterações visuais como visão duplicada acompanhada por sensação de vertigem;
  • A lesão cerebral também afeta a fala, fazendo com que a pessoa troque letras ou enrole a fala;
  • Desmaios também são frequentes nos casos de AVC.

Os AVCs são mais comuns em homens com mais de 55 anos de idade. Mas o cuidado é importante em qualquer faixa etária.

doenças que afetam os homens

O histórico familiar também é relevante. Se tiver um parente próximo que já teve AVC, o risco aumenta. Isso porque condições como alta pressão arterial e diabetes são hereditárias e podem influenciar no desenvolvimento da doença.

Ejaculação precoce:

Outra das doenças que afetam os homens e é mais comum do que se imagina. Cerca de 30% da população masculina sofre com ejaculação precoce.

Algumas pesquisas indicam que o homem normal, ou seja, aquele sem nenhum tipo de problema sexual, leva de 2 a 4 minutos para atingir o orgasmo e, consequentemente, ejacular. Este é o tempo médio estimado por diversas pesquisas, realizadas em todo o mundo.

Na verdade, devem-se considerar outros aspectos importantes para se diagnosticar a ejaculação precoce: a capacidade de controle e a frequência do evento.

Primeiro, os casos onde o homem não consegue controlar a ejaculação durante o tempo suficiente para satisfazer sua parceira que, em média, leva de 10 a 20 minutos para atingir seu ápice sexual. Segundo, este evento deve manter uma frequência. Ou seja, se este descontrole persistir, não deixando que o homem satisfaça sua parceira em metade das relações.

O problema de ejaculação precoce é relacionado ao estado emocional, tendo como fator principal a ansiedade. Ao constatar a ejaculação precoce pela primeira vez, o homem tende a ficar mais ansioso nas próximas relações sexuais e produzir mais adrenalina através do sistema nervoso simpático ou adrenérgico.

Isso faz com que o neurotransmissor norepinefrina seja liberado, o que inclusive pode levá-lo a perder a ereção, agravando ainda mais o problema.

Portanto, esta é uma patologia crônica. Quanto maior o número de decepções, maior a tendência a se desencadearem problemas futuros, podendo até levar a impotência sexual.

Principais sintomas:

  • Ejacular antes, durante ou logo após a penetração em 50% das vezes;
  • Pouco ou nenhum controle sobre o tempo de ejaculação.

A ejaculação precoce pode aparecer após alguns anos, mesmo em homens que nunca apresentaram nenhum problema, bem como na adolescência, logo ao iniciar a vida sexual.

No momento em que o jovem precisa passar por questões como falta de experiência, medo do mau desempenho ou de que alguém apareça, que são como combustíveis para a ansiedade, que acelera a ejaculação. Nesse caso, a tendência é o problema desaparecer à medida de que são superados estes obstáculos.

doenças que afetam os homens

Mas, caso o jovem tenha problemas para lidar com essas questões, ou se um homem adulto desenvolve problemas relacionados à ansiedade, baixa autoestima e falta de confiança, a ejaculação precoce pode aparecer.

No entanto, é importante não se se envergonhar e nem se deixar abater pelo problema. Converse abertamente com sua parceira e procure a ajuda mais conveniente ou que lhe deixe mais à vontade.

A ejaculação precoce é uma disfunção totalmente possível de ser tratada e não deve ser um obstáculo para seu prazer e da sua parceira.

Doença Cardíaca Isquêmica

A isquemia é caracterizada pela falta de sangue para um tecido ou órgão, geralmente devido a obstrução causada por um trombo de placa gordurosa ou coágulo sanguíneo.

A isquemia coronariana é a obstrução dos vasos coronarianos, responsáveis pelo transporte do sangue que irriga o coração. Portanto, identificar os sintomas em tempo hábil pode determinar o socorro do paciente antes de um infarto.

Principais sintomas:

  • Dor torácica aguda.

Qualquer pessoas que sinta dor no tórax sem motivo aparente, deve dirigir-se imediatamente à um pronto socorro para que sejam feitos os procedimentos que detectarão ou não a doença e, caso necessário, o tratamento imediato.

A doença cardíaca é uma das principais doenças que afetam os homens e grande responsável pelas mortes nos adultos.

doenças que afetam os homens

Alguns fatores como diabetes, obesidade, tabagismo, hipertensão e colesterol alto, por exemplo, aumentam a probabilidade de um infarto. E também quanto maior a idade, maior o risco.

Basicamente, o tratamento medicamentoso é a base de anticoagulantes e trombolíticos. Mas aconselha-se sempre os bons hábitos de vida.

No entanto, alimentação adequada, exercício físico e hábitos saudáveis ainda são os melhores remédios para prevenir qualquer tipo de doença.

Hipertensão

Dados apontam que 20% da população brasileira é portadora da hipertensão, sendo que 50% dos que sofrem deste mau estão acima do peso. Portanto, isso significa que com o aumento crescente da obesidade nos brasileiros, a hipertensão tem se tornado uma das doenças que afetam os homens mais comum.

A força refletida nas artérias, causada quando nosso coração bombeia o sangue para o restante do corpo, é chamada de pressão arterial. E ela é dividida em dois tipos: pressão arterial sistólica e pressão arterial diastólica.

A pressão sistólica tem um valor considerado normal de 120 mmHg (milímetros de mercúrio). Quando este número atinge 140 ou mais, é diagnosticado caso de hipertensão. Já na pressão diastólica, o valor normal é inferior a 80 mmHg, sendo que igual ou superior a 90 também é considerada hipertensão.

A doença é causada quando nossas artérias sofrem alguma influência, perdendo a capacidade de contrair ou dilatar.

Principais sintomas:

  • Dores no peito;
  • Dor de cabeça;
  • Tonturas;
  • Zumbidos no ouvido;
  • Fraqueza;
  • Visão embaçada;
  • Sangramento nasal.

O diagnóstico de hipertensão é feito através de um simples exame de medição. A doença não tem cura, mas tem tratamento para o controle.

doenças que afetam os homens

Os casos devem ser analisados individualmente, pois variam de acordo com o paciente, seu hábitos, seu histórico de saúde, entre outras coisas. Somente o médico poderá saber o tratamento mais indicado para cada caso.

É importante saber também que o tratamento nem sempre pode estar ligado ao uso de medicamentos. Muitas vezes o problema de hipertensão pode ser resolvido apernas com uma mudança de hábitos.

Diabetes:

A insulina é uma substância produzida pelo pâncreas e responsável pelo controle metabólico da glicose em nosso organismo. A falta deste hormônio permite que as taxas de açúcar no sangue sejam altas, e esta disfunção é conhecida por diabetes.

Ainda, o diabetes pode ser dividido em três tipos: tipo 1, tipo 2 e diabetes gestacional.

O primeiro caso é causado por um defeito no sistema imunológico onde os anticorpos atacam as células que produzem insulina. O diabetes tipo 1 representa, em média, de 5 a 10 % dos pacientes com diabetes no geral.

O diabetes tipo 2 está relacionado à deficiência na secreção de insulina ou resistência ao hormônio, e ocorre em cerca de 90% dos pacientes com diabetes.

Já o diabetes gestacional é a intolerância a lactose, identificada pela primeira vez na gestação, podendo persistir ou não após o nascimento do bebê.

O diabetes tem se tornados uma das doenças que afetam os homens bem comum nos últimos anos também.

Principais sintomas do diabetes tipo 1:

  • Vontade de urinar diversas vezes;
  • Fome frequente;
  • Sede constante;
  • Náuseas;
  • Nervosismo;
  • Fadiga;
  • Fraqueza;
  • Perda de peso.

Principais sintomas do Diabetes Tipo 2:

  • Formigamentos nos pés;
  • Dificuldade de cicatrização;
  • Visão embaçada;
  • Infecções frequentes.

O diabetes atinge a todas as idades e necessita cuidados específicos para que não ocorram maiores complicações. Os portadores do Diabetes Tipo 1 precisam tomar insulina todos os dias. Já nem todos os pacientes com o Diabetes Tipo 2 necessitam do uso diário deste hormônio.

doenças que afetam os homens

Entretanto, em ambos os casos, é fundamental fazer o autoexame para acompanhar as taxas de glicose. Isso ajudará o médico ajudará a fazer o planejamento quanto as doses de medicamento para cada paciente, bem como alterações alimentares e outros procedimentos necessários para o controle da doença.

E, como não poderia deixar de ser, melhores hábitos de vida, principalmente na alimentação e atividades físicas, são indispensáveis aos pacientes que desenvolveram o diabetes.

Andropausa:

Sem dúvidas você já ouviu falar na menopausa, certo? Uma disfunção hormonal que inicia-se nas mulheres normalmente entre os 45 e 55 anos.

Os homens também apresentam uma disfunção hormonal relacionada à idade. Geralmente depois dos 50 anos, a andropausa é uma das doenças que afetam os homens. Cerca de 20% dos homens entre 50 e 60 anos, apresenta sintomas relacionados à andropausa.

No entanto, o correto é tratar a andropausa como uma disfunção, e não uma doença em si. Essa disfunção é caracterizada pela queda na produção natural de testosterona pelo organismo masculino. Ainda, não é certo que todos os homens vão apresentar níveis baixos de testosterona, mas o problema pode ser considerado bastante comum.

Principais sintomas:

  • Indisposição;
  • Tendência a se cansar facilmente;
  • Perda de pelos;
  • Diminuição da libido;
  • Dificuldades de ereção;
  • Irritabilidade;
  • Diminuição da força física;
  • Perda de massa óssea;
  • Ganho repentino de peso.

A melhor forma de diagnosticar a andropausa é através de um exame de sangue específico para medir os níveis de testosterona. O tratamento da andropausa consiste na reposição de testosterona, que pode ser feita através de gel, adesivo, injeções periódicas, ou mesmo suplementos naturais.

doenças que afetam os homens

Como os homens podem sofrer perda muscular e acúmulo de gordura na região abdominal, o ideal também é manter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos na medida do possível.

Nas funções sexuais, é importante que a companheira seja compreensiva. O desejo sexual pode ser reduzido, mas não extinto. É necessário que a mulher saiba desta fase e entenda as mudanças naturais em nosso corpo com o passar dos anos.

Câncer de próstata:

No Brasil, o câncer de próstata é uma das principais doenças que afetam os homens. Para se ter ideia, a doença é responsável por 13 mil óbitos por ano. São praticamente 62 mil novos casos diagnosticados anualmente.

Claro que, quando tocamos neste assunto, a primeira coisa que surge na cabeça dos homens é o exame para diagnóstico do problema. De fato o exame pode não ser muito agradável, mas ele ainda é a melhor forma de prevenção da doença.

A próstata é uma glândula masculina que tem o formato de uma maçã. Ela está localizada na parte baixo do abdômen, bem abaixo da bexiga e à frente do reto. Esta glândula é responsável pela produção do líquido prostático, ou seja, o líquido espesso liberado com os espermatozoides na ejaculação.

No entanto, o câncer de próstata é uma doença silenciosa. A maioria deles não causa sintomas até que atinjam um tamanho considerável e esteja em um estágio avançado. Por isso, é muito importante para o homem realizar o exame anualmente. Ao ser diagnosticado ainda no início, as chances de cura chegam aos 90%.

Principais sintomas:

  • Dor lombar;
  • Problemas de ereção;
  • Dor na bacia;
  • Dor nos joelhos;
  • Sangramento ao urinar.

Nos homens acima dos 50 anos, é aconselhável além do exame de toque, também acompanhar a dosagem de uma proteína do sangue (PSA). Estes procedimentos são simples e podem detectar outras anormalidades, além de sugerirem a necessidade de realizar outros exames indispensáveis para a identificação do câncer.

doenças que afetam os homens

A proteína PSA tende a aumentar de acordo com o avanço da idade. Cerca de 75% dos homens que apresentam aumento desta proteína não tem câncer de próstata.


Dentre os principais problemas que afetam o homem moderno, essas são as doenças que afetam os homens mais comuns. Espero que tenha ficado claro os sintomas e que é para todas elas existem formas de prevenção e tratamento.

Mas se ainda houver dúvidas, pode entrar em contato com a gente através do e-mail ecc.contato@gmail.com. Nossa equipe especializada está pronta para esclarecer qualquer questão que naõ tenha ficado clara.

Um abraço e até a próxima.

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

Leia tambem:

desinteresse sexual

8 razões pelas quais sua parceira pode ter cansado de transar com você

o que é ejaculação feminina

Você sabe o que é ejaculação feminina? Veja como fazer sua parceira gozar

período refratário

Período refratário: Por que os homens precisam de intervalo entre os orgasmos?

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!