Como Aumentar a Ejaculação Masculina Com Alguns Hábitos Simples

como aumentar a ejaculação masculina
Como Aumentar a Ejaculação Masculina Com Alguns Hábitos Simples
Gostou desse artigo?

Muitos homens querem saber como aumentar a ejaculação masculina. Seja para aumentar a fertilidade ou pelo fator psico-social que relaciona o volume de esperma à virilidade e à masculinidade.

Nesse sentido, diversos especialistas buscaram estudar medidas que pudessem aumentar o volume de esperma. E concluíram que o melhor caminho é manter uma vida saudável, com alimentação balanceada e exercícios regulares.

Portanto, quem quer saber como aumentar a ejaculação masculina precisa ficar atento às boas práticas de saúde e evitar alguns hábitos que diminuem o volume de esperma.

Para orientar quanto a isso, este conteúdo irá trabalhar as principais causas da pouca ejaculação e como aumentar a ejaculação masculina de forma natural e saudável.

Então continue a leitura pois essas dicas poderão aumentar a sua satisfação sexual, além de propiciar uma maior fertilidade masculina, caso você e sua parceira queiram engravidar no futuro.

Qual o volume de esperma considerado saudável?

O volume médio de esperma está em torno de 2 a 5 mL, o equivalente a uma colher de chá. Ele tende a diminuir à medida que o homem envelhece. E também quando uma ejaculação acontece muito próxima da outra.

Entretanto, há casos em que o homem percebe que o volume de ejaculação é realmente diminuto ou reduziu, e isso pode causar um certo desconforto.

Porque, apesar de a quantidade de esperma expelida não ter nenhuma relação com a intensidade do orgasmo masculino, o homem se sente frustrado por não ejacular na quantidade normal.

A explicação para essa frustração tem aspectos psico-sociais. Geralmente por causa da associação entre o volume e até mesmo pressão do esperma com uma imagem masculina viril e potente. Alguns homens gostam de ‘impressionar’ a parceira com um jato mais volumoso. Mas também possui aspectos fisiológicos, como a necessidade do organismo de liberar essa ‘energia’ acumulada em forma de esperma. Prova disso é a polução noturna, a ejaculação que acontece durante o sono quando o homem passa muito tempo sem ejacular.

Dessa forma, a pouca ejaculação causa incômodo e insatisfação sexual. Além de indicar disfunções como ejaculação retrógrada e a anejaculação, por exemplo. Assim, para manter a satisfação sexual masculina, é necessário identificar as causas do problema para entender como aumentar a ejaculação masculina.

Confira agora no nosso super infográfico mais algumas curiosidades sobre o sêmen:

como aumentar a ejaculação masculina

Como aumentar a ejaculação masculina: descobrindo as causas da pouca ejaculação

Entre as causas da pouca ejaculação, pode-se encontrar as seguintes:

Envelhecimento natural

O envelhecimento está associado à queda da produção de testosterona, o que caracteriza a chamada DAEM – Deficiência Andrógena do Envelhecimento Masculino.

Como a testosterona é o principal hormônio sexual masculino, seu déficit interfere no volume dos líquidos ejaculatórios e na quantidade de espermatozoides produzida pelo corpo.

Ejaculação retrógrada

A ejaculação retrógrada é uma anormalidade que faz com que o sêmen, quando expelido pela uretra, retroceda para a bexiga. Isso acontece quando o esfíncter da uretra não funciona corretamente.

Por isso, a quantidade de esperma ejaculada é reduzida significativamente. Há diversos fatores que podem fazer com que o homem passe a sofrer de ejaculação retrógrada. Entre eles estão: danos nos músculos da bexiga causados por cirurgias, danos nos nervos decorrentes de doenças como esclerose múltipla, diabetes mal controlada ou uso de alguns medicamentos.

Anorgasmia e Anejaculação

A anorgasmia pode ser definida como a incapacidade do homem em atingir orgasmos. E, como na maioria das experiências masculinas o orgasmo é acompanhado da ejaculação, ela transforma-se numa provável causa da falta de ejaculação pois o homem não consegue gozar.

Mas também pode acontecer de o homem conseguir ejacular, porém não sentir o orgasmo, o que é extremamente frustrante. O contrário é quando o homem consegue alcançar o orgasmo, mas ele é ‘seco’, como dizem. Ou seja, o orgasmo não vem acompanhado de ejaculação. O que também gera frustração masculina e caracteriza a chamada anejaculação.

Ausência de vesícula seminal e canal deferente

Esta é uma das raras causas da pouca ejaculação e pode ser considerada uma doença genética.

Obstrução dos canais ejaculatórios

Caso haja alguma obstrução nas vesículas seminais, o sêmen é impedido de chegar à uretra. Essa obstrução pode ser consequência de algum tipo de inflamação como prostatite, varicocele, gonorreia, entre outras infecções.

Denervação simpática

É a perda dos impulsos nervosos que chegam até o pênis. É como se o comando enviado pelo cérebro para que os músculos ejaculatórios entrem em ação falhasse. Isso faz com que os músculos não funcionem corretamente e a quantidade de sêmen não seja expelida por completo.

Cirurgia do colo da bexiga

Este procedimento cirúrgico geralmente é realizado em homens que têm dificuldade de urinar. Por ser um procedimento realizado em uma região muito próxima dos testículos, ele pode interferir no aparelho sexual e ser uma das causas da pouca ejaculação.

Além de todos esses fatores, podemos também considerar outras situações que influenciam diretamente no volume da ejaculação:

  • Se o homem ejaculou uma ou mais vezes no mesmo dia, é normal que o volume de sêmen diminua;
  • Substâncias como álcool, THC (princípio ativo da maconha) e  tabaco, também podem ser causas da pouca ejaculação;
  • Excesso de peso e obesidade causam alterações no sistema hormonal. Isso afeta, entre outras coisas, o volume da ejaculação e a qualidade dos espermatozoides também.

Consequências da baixa de esperma

Além da frustração e desconforto psicológico gerados pelo baixo volume seminal, o problema também pode diminuir a contagem de espermas. Por conseguinte, o homem pode  iniciar um quadro de infertilidade. Então, saber como aumentar a ejaculação masculina é uma forma de manter ativas as chances de ser pai um dia. Mas o que pode ser definido como infertilidade?

O que é a infertilidade?

A infertilidade é diagnosticada quando, após um ano de tentativas com relações sexuais frequentes sem uso de qualquer método contraceptivo, o casal não consegue engravidar.

Ela pode ter diversas causas, dentre elas o baixo volume de esperma. Isso porque a pouca ejaculação diminui a quantidade de espermatozoides e até mesmo a qualidade deles, esta quando as causas estão relacionados a maus hábitos alimentares e superaquecimento dos testículos, por exemplo. O nome dado para o problema da baixa contagem de espermatozoides no sêmen é Hipospermia. Mas existem outros fatores além da quantidade de espermatozoides que podem influenciar na fertilidade.

Algumas disfunções sexuais, por exemplo, como a dificuldade de ereção e a ejaculação precoce, apesar de não poderem alterar o volume do esperma, atrapalham a prática e frequência sexual, o que dificulta a concepção.

Como aumentar a ejaculação masculina de forma natural

Davi Ribeiro responde a essa pergunta no nosso Canal do Youtube, Ejaculando Com Controle – Oficial e você pode conferir o vídeo agora mesmo:

A seguir temos a lista com os alimentos e hábitos a serem adotados ou evitados por quem quer saber como aumentar a ejaculação masculina na hora do sexo. Então confira:

Nutrientes mais indicados

Primeiramente os nutrientes mais indicados:

Aminoácidos. Os aminoácidos essenciais são encontrados em alimentos ricos em proteínas, como carnes, peixes, leite, ovos e leguminosas como feijão, soja, e lentilha. Os que atuam diretamente no aumento do esperma, são, portanto, Arginina, Lisina e Carnitina.

Zinco. É um dos minerais mais importantes para quem deseja aumentar o volume de esperma. Uma vez que ele tem um papel importante na produção de vários componentes do sêmen, inclusive os espermatozoides. Então, procure consumir alimentos como cereais, carnes vermelhas, aves e frutos do mar.

Selênio. Este mineral pode ser encontrado em alimentos como peixes, alho, manteiga, castanhas e sementes de girassol, por exemplo.

Ferro. Que pode ser encontrado em leguminosas e folhas escuras, por exemplo.

Ácido fólico, vitaminas C, E e B12. Que podem ser encontrados em folhas verdes, frutas e leguminosas, por exemplo.

Alimentos mais indicados:

Agora os alimentos que podem sem encontrados em natura ou em suplementos alimentares:

Frutas e vegetais. Frutas e vegetais são ricos em anti-oxidantes, que podem ajudar a aumentar a qualidade de vida do seu esperma. Algumas opções são:

  • Feijão azuqui
  • Mirtilos e amoras silvestres
  • Ameixas
  • Água de coco
  • Maçãs
  • Alcachofras

Ginseng. O ginseng é uma raiz poderosa e que ajuda a melhorar e aumentar a produção de testosterona nos homens. Além de aumentar a libido sexual e auxiliar no combate de doenças cardiovasculares e diabetes.

Maca Peruana. A maca peruana é um tubérculo que pode auxiliar naturalmente em como aumentar a ejaculação masculina. E é possível tomá-la como chá ou através de suplementos alimentares. Um complemento alimentar que possui maca peruana em sua composição é o Bullcaps. Ele também conta com ácido fólico e as vitaminas C, E e B12 citadas anteriormente. Além de zinco, ferro e ginseng. Para acessar o site oficial do produto, clique aqui ou no banner abaixo.

como aumentar a ejaculação masculina

Epimedium. Essa erva é conhecida mundialmente por ter um efeito poderoso sobre o desejo sexual dos homens. Ela induz a produção de testosterona e, dessa forma, ajuda no tratamento de disfunção erétil e no aumento do volume de esperma.

Tribulus Terrestris. Essa erva chinesa, que também é conhecida como gokshura, é considerada como uma das melhores ervas para aumentar a ejaculação masculina, devido à presença de sapomina. Muitos estudiosos acreditam, ainda, que ela melhore a mobilidade dos espermatozoides e o seu tempo de sobrevivência.

Saw Palmetto (Sabal). Essa é uma espécie de palmeira com algumas hastes espinhosas e serradas. Nela contém uma variedade de ácidos graxos essenciais, incluindo: ácido láurico, ácido cáprico, ácido oleico, dentre outros. Além disso, ela é rica em fitoesteróis, que promovem a produção de esperma quando seu uso é frequente.

Alimentos a serem evitados

Agora confira os alimentos que você deve evitar:

Refrigerantes. Eles são ricos em xarope de milho com alto teor de frutose, o que sobrecarrega o fígado e reduz a produção de espermatozoides.

Alimentos gordurosos. Porque alteram a produção de esperma, diminuindo o volume e qualidade de espermatozoides.

Hábitos ideias

Alguns hábitos são capazes de auxiliar quando o assunto é como aumentar a ejaculação masculina. Então confira alguns deles:

Aproveitar as preliminares. Como o nível de excitação influencia no quanto você ejacula, é importante levar em conta o seu estado psicológico na hora de fazer sexo.

Se você estiver muito tenso, por exemplo, não será capaz de relaxar completamente.

Por isso, as preliminares devem ser bem aproveitadas para potencializar a vontade de ejacular.

Praticar exercícios físicos. Há evidências suficientes para sugerir que o exercício físico regular traz benefícios na contagem de espermatozoides. Além disso, manter o peso ideal e evitar o acúmulo de gordura também favorece a produção de hormônios, inclusive a testosterona.

Praticar os exercícios para o músculo PC. Também chamados de exercícios Kegel, os exercícios para o músculo PC (abreviação de pubococcígeo) têm várias funções. Além de promoverem a saúde da próstata e evitarem a ejaculação precoce, eles são muito importantes na prolongação da duração do orgasmo, bem como no aumento da ejaculação.

Beber muito líquido. A quantidade de sêmen liberada durante o orgasmo tem relação com a proporção de fluidos que você ingere. Portanto, beber mais líquidos irá ajudar em como aumentar a ejaculação masculina.

Tenha boas noites de sono. Pois é durante o sono que o corpo se recupera e quando acontece a maior produção de espermatozoides.

Abstenha-se de orgasmo por um ou dois dias. Seu corpo produz espermatozoides a uma taxa de mais de 1.500 por segundo, em média. Ou seja, você pode ter entre 130 a 200 milhões de espermatozoides por dia. Por isso, tente esperar um pouco para aumentar essa contagem e consequentemente o volume do esperma.

Hábitos a serem evitados

Agora preste atenção nos hábitos que devem ser evitados tanto quanto possível:

Consumo de álcool e cigarro. O excesso de álcool compromete o funcionamento do fígado e, consequentemente, aumenta as taxas de estrogênio no organismo, interferindo na produção de esperma. Além de desidratar o corpo e atrapalhar na produção dos fluidos seminais.

Quanto ao fumo, se você deseja aumentar a ejaculação, deve deixar esse vício imediatamente. Estatísticas mostram que o cigarro diminui a contagem do esperma em 30% e diminui a qualidade dos espermatozoides. Além disso, homens fumantes têm mais dificuldades na performance sexual.

Então, se você precisar de outro bom motivo para parar de fumar, adicione esse. Fumar maconha também não é um hábito saudável. Porque seu princípio ativo, o THC é conhecido por diminuir o hormônio masculino, a testosterona, e a contagem de espermatozoides.

Superaquecimento nos testículos. Evite aproximar eletrônicos dos testículos, ficar constantemente de pernas cruzadas e usar cuecas apertadas. Pois isso poderá superaquecer os testículos, atrapalhando na produção de espermatozoides e fluidos seminais.

Os testículos ficam fora do corpo justamente para manter sua temperatura abaixo dos 36 ºC, que é a temperatura do nosso corpo. Então não tente sabotar isso com esses hábitos ruins!

Estresse. Evite o estresse porque os hormônios do estresse, como o cortisol, interferem na síntese de testosterona, que é responsável pela produção de esperma. Então procure praticar atividades prazerosas e relaxantes, como leitura, caminhada e cinema, por exemplo.

É possível encontrar no mercado alguns remédios que aumentam a quantidade de líquido seminal, mas as opções naturais são sempre as mais indicadas. Pois além de serem seguras e não causarem nenhum efeito colateral, ainda fazem bem a outros aspectos da nossa saúde a longo prazo. Então evite soluções instantâneas e prejudiciais tanto quanto possível!

Nos vemos em breve.

 

Abraço,

 

Equipe ECC.

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

Leia tambem:

reposição de testosterona

Como fazer a Reposição de Testosterona Sem Ter Efeitos Colaterais

como aumentar a testosterona

Como os níveis de Testosterona influenciam na saúde masculina

alimentos que aumentam a libido

Alimentos Aumentam a Libido? Saiba quais são eles e como eles podem turbinar seu Desempenho Sexual

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!