11 hábitos que você precisa mudar para Prolongar a Ereção

como prolongar a ereção

Quem sofre com a disfunção erétil sabe o quanto é difícil se relacionar sexualmente e ter prazer com a parceira. Na maioria dos casos, o homem que tem o problema não procura ajuda ou tratamento pois acredita que “vai passar”. Mas existem formas de como prolongar a ereção sem precisar fazer uso de remédios.

A disfunção erétil, nome que se dá a esse problema, é quando o homem não consegue ou tem dificuldade em manter o pênis firme o suficiente para uma relação sexual. As causas para esse problema podem ser tanto físicas quanto psicológicas. Embora na maioria das vezes a disfunção esteja ligada a fatores emocionais.

A disfunção erétil ocorre devido a um desequilíbrio entre a contração e o relaxamento dos corpos cavernosos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia – SBU – a disfunção erétil atinge cerca de 50% dos homens acima de 40 no país.

Portanto, é errado acreditar que somente homens idosos são afetados pelo problema. Embora a idade, de fato, seja um agravante da situação.

Mas existem alguns sinais aos quais os homens devem ficar atentos.

  • Redução do tamanho e da rigidez peniana
  • Incapacidade de obter e manter a ereção
  • Redução dos pelos corporais
  • Atrofia ou ausência testicular
  • Pênis deformado
  • Doença vascular periférica (causa o estreitamento e endurecimento das artérias que transportam o sangue para os membros inferiores do corpo)
  • Neuropatia (distúrbio das funções do sistema nervoso)

Portanto, em caso de notar qualquer um deles, é recomendado procurar um médico.

Diagnóstico da disfunção erétil

Antes de trabalhar os meios de como prolongar a ereção, é necessário entender como é feito o diagnóstico da disfunção. Bem como as possíveis causas para o problema.

Ao consultar um urologista, após perguntar sobre suas atividades sexuais, é possível que ele solicite um teste de intumescência peniana noturna. Este teste é realizado com ajuda de aparelhos específicos que medem a ereção masculina.

Em resumo, o equipamento possui dois anéis conectados a eletrodos que são colocados ao redor do pênis. Esses eletrodos vão monitorar as ereções noturnas para identificar o quanto de sangue chega ao pênis.

Além disso, o equipamento também é capaz de medir o fluxo arterial e identificar possíveis obstruções nas artérias penianas.

Este exame tem o intuito principal de identificar se o problema é orgânico ou psicológico.

Um ponto importante para destacar: nem sempre o seu problema é a disfunção erétil. É completamente normal, e os médicos afirmam, você ter dificuldade uma vez ou outra. Principalmente porque os níveis de estresse influenciam muito o desempenho sexual. O problema é quando a situação persiste e, em mais de 50% das suas relações, você tem dificuldade de segurar ou mesmo de ficar com o pênis ereto.

Outro situação comum e que desespera muitos homens é quando ele acaba de ejacular e quer continuar a brincadeira, mas o pênis não responde. Isso acontece porque o corpo precisa de um “momento de descanso”, chamado de período refratário.

Selecionei um vídeo do nosso especialista, Davi Ribeiro, explicando um pouco mais sobre o assunto.

Causas da disfunção erétil

Há diversos fatores que influenciam a ereção. Isso porque a ereção não é apenas um processo mecânico, ao contrário do que muitos pensam. Fatores psicológicos como ansiedade, falta de confiança ou problemas no relacionamento também podem afetar, de forma negativa, a ereção masculina.

Por isso, é um erro presumir que quando o homem tem dificuldade de ter ou de como prolongar a ereção, isso é um problema físico apenas.

Fatores psicológicos

Fatores orgânicos

  • Diabetes;
  • Doença de Peyronie;
  • Problemas cardiovasculares;
  • Problemas hormonais;
  • Uso de certos tipos de medicamentos;
  • Alcoolismo e tabagismo;
  • Uso de drogas ilícitas;
  • Traumas no corpo (fraturas pélvicas, lesões na medula espinhal, danos cerebrais, lesões no pênis);
  • Traumas neurológicos (cirurgia nas costas, malformação congênita, tumores cerebrais);
  • Priapismo;
  • Efeitos do envelhecimento.

Ao conversar com o médico, é importante entender a causa exata da disfunção erétil para assim decidir pelo melhor tratamento. Causas psicológicas, por exemplo, nem sempre vão exigir o uso de medicamentos. Apesar da maioria dos casos de disfunção erétil serem de origem psicológica, como ansiedade, principalmente, não se pode descartar uma causa biológica, como problemas hormonais.

Portanto, se você já sofra há um tempo com disfunção erétil, ou se começou recentemente a ter dificuldade de como prolongar a ereção, procure um médico.

Como prolongar a ereção

Hábitos de vida pouco saudáveis também influenciam de forma negativa as relações sexuais. Portanto, pequenas mudanças no seu estilo de vida podem trazer ótimos benefícios e ajudar em como prolongar a ereção.

A seguir, listei 11 hábitos que podem afetar de forma positiva não só a qualidade das suas ereções, mas seu desempenho sexual como um todo.

#1 Alimente-se bem

Certos tipos de alimentos como gorduras, frituras, alimentos com muito açúcar ou processados podem atrapalhar o fluxo sanguíneo. Logo, é bem possível que eles prejudiquem a sua ereção, uma vez que o corpo terá dificuldade de bombear sangue para o pênis.

Então procure evitar esses alimentos e dê preferência para verduras, legumes, frutas, vegetais grãos integrais e gorduras boas para o coração, como azeite.

#2 Menos álcool e mais água

O álcool em excesso pode inibir algumas funções corporais normais. Portanto, pode até tomar aquela cervejinha no fim de semana, mas não exagere. E beba mais água.

A água, além de te manter hidratado, ajuda a eliminar as toxinas do corpo.

#3 Faça exercícios regularmente

Praticar atividade física com frequência é uma ótima forma de como prolongar a ereção. Isso porque ela ajuda a melhorar a circulação e o fluxo sanguíneo.

Além disso, ela ajuda a baixar a pressão arterial, promove o equilíbrio da testosterona e ajuda na queima de gordura (um dos maiores problemas do excesso de peso é a disfunção erétil).

#4 Mantenha seus hormônios regulados

É normal que os homens tenham um declínio na produção natural de testosterona conforme a idade. Esse declínio, conhecido como andropausa, pode interferir nas ereções.

Existem outros fatores também que podem prejudicar a produção de testosterona, como o excesso de gordura corporal e alimentação inadequada. Portanto, faça o acompanhamento da suas taxas hormonais e, se quiser, incorpore na sua dieta um suplemento natural para regular a produção de testosterona no organismo.

#5 Pare de fumar

Se você quer saber como prolongar a ereção, então é melhor cortar o cigarro. Um dos principais prejuízos do tabagismo é justamente a impotência sexual.

Isso porque o cigarro faz com que os vasos sanguíneos se contraiam, o que dificulta o bombeamento do sangue no corpo e, consequentemente, para o pênis.

#6 Pare de usar esteroides

Os anabolizantes são muito usados por atletas que querem aumentar a massa muscular. Porém, eles de fato representam um risco às suas ereções. Isso porque a base principal deles é a testosterona, mas do mesmo jeito que a baixa do hormônio é prejudicial, o excesso também é.

Quando os níveis de testosterona do seu corpo estão acima do normal, isso pode causar um encolhimento nos testículos, além de outras complicações. Outra coisa que acontece é que, ao receber o hormônio de uma fonte externa, seu corpo pode parar de produzir testosterona por si só.

Portanto, se você quer manter seus níveis hormonais regulados, opte por suplementos que incentivam seu corpo a aumentar a produção e testosterona natural.

#7 Controle seu estresse

O estresse é um dos grandes males da modernidade e um verdadeiro inimigo de quem quer saber como prolongar a ereção. Além disso, ele aumenta os níveis de cortisol no sangue, o que causa um desequilíbrio na sua testosterona (e já sabemos que isso é ruim).

Procure incluir na sua rotina atividades relaxantes e que te trazem felicidade.

#8 Tenha diálogo no relacionamento

A falta e diálogo é extremamente prejudicial para um relacionamento. Um casal que não se entende fora da cama, dificilmente se entenderá nela.

Portanto, procure sempre conversar com sua parceira, mostrar como você se sente ou quando algo não está do seu agrado. E não só isso, mas as coisas boas também. Compartilhe com ela seus momentos bons e permita que ela compartilhe os dela com você.

Tudo isso vai estreitar os laços de vocês e dificilmente vocês terão problemas.

#9 Não se automedique

Se você está insatisfeito e quer saber como prolongar a ereção, procure um médico e não uma farmácia. Como expliquei nesse artigo, são várias as causas da disfunção erétil, e para acabar com o problema é preciso tratar a causa, e não o sintoma.

Portanto, não tome nenhum tipo de medicamento sem orientação médica. Ao fazer isso você pode causar a si mesmo um problema muito mais grave.

#10 Apimente a relação

A rotina também é capaz de esfriar o relacionamento e, com isso, fazer com que você não tenha muita vontade de transar. Portanto, uma das formas de como manter a ereção é tornar o sexo uma prática divertida e gostosa.

Experimente posições diferentes, estímulos diferentes, outros cômodos da casa, alguns brinquedos e fantasias eróticas. Tudo isso vai fazer com o que o sexo seja sempre novo.

#11 Não tenha medo de buscar ajuda

A disfunção erétil é um verdadeiro empecilho na vida de um homem, mas ela não é motivo de vergonha. Que atire a primeira pedra o homem que nunca broxou.

O que faz diferença no relacionamento é você admitir que algo está errado e buscar ajuda. E isso não é vergonha nenhuma. E não importa se seu problema começou agora, ou se você já está convivendo com ele há um tempo, nunca é tarde para mudar.

Espero que tenha gostado do artigo e se ficou alguma dúvida, pode enviar no e-mail ecc.contato@gmail.com. Um abraço e até breve.

 

Este post foi originalmente publicado em 6 de abril de 2012. Ele foi reeditado e atualizado em 15 de novembro de 2018.

Já Deixou O Seu Comentário?

A Sua Opinião É Fundamental, Participe!

Comments are closed here.

Leia tambem:

exercícios de ejaculação precoce

Use os exercícios de ejaculação precoce para fortalecer a ereção também

alimentos que aumentam a libido sexual

As principais causas da falta de desejo masculino e 20 Alimentos que Aumentam a Libido Sexual

causas da pouca ejaculação

Entenda as principais Causas da Pouca Ejaculação e como você pode aumentar o volume de esperma

AUMENTE SUA POTÊNCIA
EM APENAS 10 DIAS
COM ESTE EBOOK 100% GRATUITO!